Tamanho do texto

Novo apresentador limitou-se ao básico, mas fez questão de imprimir estilo próprio à frente do programa que durou pouco mais de 20 minutos e mostrou clima de azaração

Tiago Leifert estreou frente ao BBB na noite desta segunda-feira (23), na 17ª edição do programa
Reprodução/TV Globo
Tiago Leifert estreou frente ao BBB na noite desta segunda-feira (23), na 17ª edição do programa


Com ar de pré-estreia, Tiago Leifert deu o pontapé inicial no “BBB 17”. Em um programa curto, com pouco mais de 20 minutos, ficou bem clara a disposição de Boninho, diretor e principal mente criativa da atração, de aferir novos ares ao programa. A própria ideia de colocar um par de gêmeos, um do sexo masculino e outro do sexo feminino, para testar a casa antes do ingresso dos demais participantes passa por aí.

LEIA TAMBÉM:  Filha de Ieda do "BBB 17" relembra reação da mãe com sua preferência sexual

Há outras duas novidades potencialmente divertidas. Rafael Cortez no comando do quadro “BBB sem moderação” é uma delas. Toda a movimentação nas redes sociais referente ao programa ganha espaço na TV com a curadoria do ex-CQC.  A outra novidade é a família Silva. São fantoches que devem ganhar um quadro para rir da comoção social e das contradições que um programa como o BBB 17 leva para dentro da casa do brasileiro.

A nova edição do BBB só começa efetivamente nesta terça-feira (24), quando os demais participantes entram na casa e com direito a prova do líder logo na largada. Prova por prova, uma brincadeira para medir se os gêmeos se conheciam de verdade agitou a noite desta segunda-feira na casa. Valendo R$ 10 mil, Leifert questionou os capixabas Antônio e Manoel e as gaúchas Emily e Mayla sobre amenidades como quem é mais fofoqueiro e quem demora mais para se arrumar. A dupla feminina venceu o desafio.

LEIA TAMBÉM: Participante do BBB 17 elogia Lázaro Ramos e causa "ciúme" em Taís Araújo

A votação para decidir quem fica na casa, o público terá que escolher um entre os gêmeos e uma entre as gêmeas, será aberta na quarta-feira (25) e o resultado anunciado no domingo (29).

Estreia morna de Leifert

Com barba por fazer, Tiago Leifert tentou imprimir seu jeito despojado ao "BBB". É notório que a sombra de Pedro Bial, à frente do programa desde seu início em 2002 é enorme, e que é natural um nervosismo inicial. Não à toa, evitou a clássica frase “vamos dar uma espiadinha?” no fim do programa.

LEIA TAMBÉM: Nudes roubados, miss, triatleta e mais: listamos 31 curiosidades do "BBB 17"

Leifert não é exatamente estranho à apresentação de um reality show. Parece ter dominado a arte de tocar o “The Voice”, mas o BBB é uma besta de outra natureza. “Primeira vez de vocês aqui? Minha também”, brincou ao surgir em um inicialmente incômodo telão em tamanho real que fica na sala da casa. Os gêmeos, que se enturmaram maravilhosamente bem com as gêmeas, o clima de azaração parece constante, ajudaram Leifert a tocar o barco. Tudo leva a crer que nesta terça-feira, o apresentador precise exercer aquela autoridade que Bial se sentia tão à vontade em exibir nas mais recentes edições. Pode ser o primeiro teste de fogo naquela que promete ser a estreia de verdade do "BBB 17".