Tamanho do texto

A série é a primeira produção nacional de ficção da TNT e acompanha a história de uma jovem que acaba caindo no mundo da icônica rua paulista

A primeira série nacional de ficção da TNT já tem data de estreia: 15 de março de 2018 às 22h30. O canal terá estreia com episódio duplo, trazendo o primeiro e segundo capítulo dessa história que promete trazer a tona o cenário de uma das ruas mais emblemáticas da cidade de São Paulo. A trama contará a história de Mika (Fiorella Mattheis), que ganha a vida dançando na Boate Love e se divertindo na balada Hell, na icônica rua paulista.

Rua Augusta é a primeira série nacional de ficção da TNT e estreia em março de 2018
Divulgação
Rua Augusta é a primeira série nacional de ficção da TNT e estreia em março de 2018

Leia também: 10 séries para não assistir em família

Com um contexto em que as casas noturnas, o submundo das drogas, prostituição e diversão a qualquer custo, “ Rua Augusta ” mostra como esse universo pode ser um refúgio para Mika, que deixa para trás o seu passado pouco conhecido. O elenco ainda conta com a participação de ourinelson Vladimir, Pathy De Jesus, Rodrigo Pandolfo, Rui Ricardo, Rafel Dib, Dani Glamour, Milhem Cortaz e Carlos Meceni.

Leia também: Luz, câmera, tesão: As melhores e as piores cenas de sexo na TV em 2017

A série é uma co-produção da TNT com a O2 filmes e possui 12 episódios nesta primeira temporada com 30 minutos cada um. A série é baseada na obra israelense “Allenby St” e é dirigida por Pedro Morelli e Fábio Mendonça, com roteiro de Ana Reber e Jaqueline Vargas.

Leia também: Sexo e TV: Como as cenas de sexo nas séries da Globo evoluíram ao longo dos anos

Interesse nacional

A série da TNT,
Divulgação
A série da TNT, "Rua Augusta" não é a primeira produção nacional sobre a temática na televisão

Apesar de “Rua Augusta” ser a primeira série nacional de ficção da TNT abordando a temática, esta não é a primeira produção brasileira que aposta nesse universo. O Multishow já trouxe à tona programas como Oscar Freire 279” (2011) , que conta a história de uma jovem arquiteta recém-formada que acaba sendo introduzida ao mundo da prostituição e “Segunda Vez” (2014), que acompanha a vida de um jornalista desiludido que acaba mergulhando no mundo da prostituição de luxo e tornando-se um cafetão. Já  a GNT também apostou na temática com “Lúcia McCartney” (2016), que foi baseada no romance homônimo de Rubem Fonseca sobre uma jovem fã dos Beatles que acaba escolhendo se prostituir.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.