Tamanho do texto

A oitava e última temporada de "Game of Thrones" começará a ser exibida a partir de 14 de abril e nós já estamos morrendo de saudades. Confira a lista!

A oitava e última temporada de "Game of Thrones", exibida pela HBO, se aproxima e nós já estamos sofrendo de saudade. Com uma trama cheia de intrigas, brigas, guerras, mortes e sangue, muito sangue, a série chega ao seu fim com uma legião de fãs intrigados sobre o que acontecerá com os personagens.

Leia também: Novas imagens da última temporada de "Game of Thrones" elevam ansiedade dos fãs

Imagem da série Game of Thrones
Divulgação
A última temporada de "Game of Thrones" estreia no próximo domingo (14)


Desde que estreou, em 2011, "Game of Thrones" arrastou uma horda de admiradores por conta da história que envolve traições, batalhas épicas, efeitos especiais incríveis e cenários de tirar o fôlego.

Abaixo, selecionamos oito razões para sentirmos saudade da série.

  • As mortes

Pode parecer um tanto quanto bizarro, mas este talvez seja um dos principais motivos para sentirmos saudade do seriado . Muita gente viu seu personagem favorito morrer, como Ned Stark, que foi decapitado na primeira temporada.

Mas houveram mortes incrivelmente satisfatórias, como a de Joffrey Baratheon, que morreu envenenado, e Ramsay Bolton, que foi devorado por seus próprios cães de estimação. Os dois dos vilões mais odiados da trama tiveram seus fins comemorados por todos (ou quase todos!) que assistiram a atração.

  • Os romances

Ainda que seja uma produção focada na aventura, o seriado não deixou a desejar no quesito romance. Jamie e Cersei Lannister (ainda que uma relação incestuosa), Ned e Catelyn Stark, Khal Drogo e Daenerys Targaryen, Robb Stark e Talisa Maegyr, Jon Snow e Ygritte... são vários casais pelos quais nós nos encantamos.

Imagem de Game of Thrones
Divulgação
Cena de Game of Thrones

Agora, na última temporada, temos Jon e Daenerys. Outra relação incestuosa, uma vez que o Rei do Norte é o filho legítimo de Lyanna Stark e Rhaegar Targaryen, irmão de Dany. O clima entre os dois já rolou e, inclusive, passaram uma noite juntos.

Leia também: Começa a contagem regressiva para a última temporada de "Game of Thrones"

  • As batalhas épicas

Se tem uma coisa (mesmo!) que a gente vai sentir falta são as batalhas épicas da série. Os exércitos, as lutas com espadas e flechas, os gigantes!

Quer batalha mais épica do que a Batalha dos Bastardos, por exemplo? Jon Snow derrotou, finalmente, Ramsay Bolton, que acabou sendo morto e devorado por seus cães de estimação. E não para por aí.

Tiveram também a Batalha de Hardhome, a Batalha de Blackwater, a Batalha de Castle Black, o Massacre na Arena Daznak, a batalha entre Oberyn Martell e o Montanha... são várias e, claro, uma mais eletrizante do que a outra.

  •  Os dragões

Drogon, Rhaegal e Viserion (que descanse em paz!), os três “filhos” de Daenerys são, de fato, três pontos chaves para que a saudade se instaure em nossos corações. Vai dizer que você não vai sentir falta da Primeira de Seu Nome, Nascida da Tormenta, da Casa Targaryen, a Não Queimada, Mãe de Dragões, Khaleesi dos Dothraki, Quebradora de Correntes, Rainha de Mereen, Rainha dos Ândalos, dos Roinares e dos Primeiros Homens, e Senhora dos Sete Reinos dizer “Dracarys”, ordenando sua cria a queimar o que for necessário?

Dragão
Reprodução
Cena de Game of Thrones

Vale lembrar que Viserion foi morto (e ressucitado?) pelo Rei da Noite, líder dos Caminhantes Brancos, e que o destino do rebento de Dany ainda não foi decidido. Vamos ter que esperar pela oitava temporada para saber.

  • Os cenários

Podem dizer o que quiserem, mas os lugares onde o seriado foi gravada são de tirar o fôlego. Irlanda do Norte, Croácia, Islândia, Espanha, Marrocos, Malta e Reino Unido são algumas da locações por onde a equipe de filmagens passou.

O Castle Ward, na Irlanda, por exemplo, serviu de cenário para retratar Winterfell. O Alcázar de Sevilha, na Espanha, se transformou nos Jardins de Água do Reino de Dorne. Já Porto Real foi gravado em Dubrovnik, na Croácia. Incrível, né?

  • Os jogos de poder

Não podemos falar de jogos de poder sem citar, pelo menos, Cersei Lannister. A Rainha de Westeros fez (e ainda fará) o que foi preciso para chegar ao Trono de Ferro. Provocou a morte do marido, o rei Robert Baratheon, manipulou os filhos, Joffey e Tommen (ambos mortos), causou intrigas, brigas e mortes incontáveis.

Tudo isso para chegar onde está. Será que a herdeira da Casa Lannister vai se consagrar rainha ou alguém tomará seu lugar?

Leia também: "Game of Thrones": Quem você quer ver no Trono de Ferro

  • As maldades de Cersei

Falem a verdade, Cersei é o tipo de vilã que nós amamos odiar. Por mais que seja má (e muito!), a Rainha de Westeros sempre terá um lugar guardado em nossos corações. Mesmo depois de ter explodido o Septo de Baelor com milhares de pessoas lá dentro.

Cersei
Divulgação
Cersei virou a mesa do jogo no último episódio do sexto ano

Mesmo depois de ter envenenado a filha de Ellaria Sand e deixa-la morrer na frente da mãe. Mesmo, ainda, de ter perseguido seu irmão, Tyrion Lannister, e o acusado da morte de seu primogênito, Joffrey. A lista de maldades da Rainha é extensa. E nós vamos sentir saudade sim!

  • As teorias criadas

Os fãs de Game of Thrones já sabem que, para sobreviver à serie e entende-la, é necessário um elemento básico: teorias. E várias (várias mesmo) já foram criadas, sobre inúmeras situações e personagens.

A mais forte entre elas, no momento, é a de Azor Ahai, o Príncipe Prometido. Nela, afirma-se que ele foi um guerreiro de oito mil anos antes da chegada da Casa Targaryen a Westeros, e ficou conhecido por ter lutado na Longa Noite, onde derrotou os Caminhantes Brancos.

No entanto, para isso, ele precisou criar uma espada mágica, ao longo de cem dias e cem noites, chamada de Luminífera e, para completa-la, usou o sangue de sua amada como uma forma de tempero.

A teoria ainda afirma que seu regresso está anunciado na profecia do príncipe que foi prometido que, após um verão longo, quando a estrela vermelha sangrar os céus e a escuridão se agrupar, Azor Ahai retornará, nascido em meio ao sal e a fumaça, para derrotar seu inimigo com sua espada.

Os fãs da série afirmam que o tal Príncipe Prometido seja Jon Snow. E a gente só vai descobrir a partir do dia 14 de abril, com a estreia da oitava e última temporada de " Game of Thrones ", exibida pela HBO.

    Leia tudo sobre: Game of Thrones
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.