Tamanho do texto

As casas e famílias, em "Game of Thrones", são de extrema importância para o desenrolar da história. Conheça um pouco mais sobre cada uma

Quem assiste – e até quem não acompanha – “Game of Thrones”, exibida pela HBO, já sabe que a história gira em torno do tão disputado Trono de Ferro.  Desde a primeira temporada da série, o enredo todo deixa muito claro que qualquer (qualquer mesmo!) personagem pode morrer.

Acesse todas as informações de "Game of Thrones" na página da série 

undefined
Divulgação
"Game Of Thrones" é destaque na Enterteinment Weekly


Cada família possui um lema, um símbolo e histórias particulares. Em “ Game of Thrones ”, onze casas se destacam nos Sete Reinos e, pelo menos um integrante de cada uma visa tomar o lugar de Rei de Westeros.

Abaixo, um Raio-X de cada casa da série.

  • Casa Lannister
undefined
Montagem
Casa Lannister


Sob o lema “Ouça-me rugir”, a Casa Lannister é a mais rica e uma das mais tradicionais de todos os Sete Reinos de Westeros, além de ser considerada protetora da região. Vivem em Rochedo Casterly (Casterly Rock), em um palácio construído à beira-mar, com depósitos de ouro.

Além do lema oficial, a família também possui um outro lema, mais informal: “Um Lannister sempre paga suas dívidas”. Esse evidencia mais ainda o lado rancoroso e cruel de seus integrantes.

Astutos, inteligentes e estrategistas, os membros dessa casa também se destacam por seus cabelos dourados e olhos verdes. Tywin Lannister é o patriarca da família e pai de Cersei, rainha de Westeros; Jaime, membro da Guarda Real; e Tyrion, um homem extremamente inteligente e odiado por seu pai. Tyrion, inclusive, foi o responsável por sua morte, após descobrir uma traição.

  • Casa Stark
undefined
Montagem
Casa Stark


“O inverno está chegando” talvez seja o lema que os Stark mais repetem! Composta por Ned Stark, Catelyn, Rickon,  Robb – já mortos –, Jon, Sansa e Arya, a família é uma das grandes potências de Westeros. Antigamente, comandavam o norte com os Reis do Inverno e, com a conquista de Aegon Targaryen, isso ficou para trás e eles juraram lealdade aos Sete Reinos.

O símbolo da casa é um lobo gigante e Winterfell é sua sede. A família é uma das últimas que ainda crê nos Deuses Antigos, já que estão muito longe do sul e da Fé dos Sete. São próximos da Muralha e, pela história, são os que mais tiveram contato com os Selvagens.

Na série , os Stark também são considerados – e respeitados – como os Reis do Norte ou Reis do Inverno.

  • Casa Targaryen
undefined
Montagem
Casa Targaryen


Os descendentes de Valíria são conhecidos por seus cabelos loiros (brancos), saindo de sua cidade anos antes de ser destruída. Então, se mudaram para a ilha Pedra do Dragão, onde ficaram por mais de cem anos, até decidirem conquistar Westeros.

Sob o lema “Fogo e Sangue”, os Targaryen reinaram por mais de duzentos anos, enfrentando inúmeros problemas (como a morte de seus dragões, epidemias e guerras) e no reinado de Aerys II, o Rei Louco, Roberth Baratheon liderou a revolta contra a família e assumiu o trono.

Leia também: Elenco de "Game of Thrones" fala da "melhor temporada" e Batalha de Winterfell

Daenerys Targaryen, Filha da Tormenta, a Não Queimada, Mãe dos Dragões, Rainha de Mereen, Rainha dos Ândalos e dos Primeiros Homens, Quebradora de Correntes, Senhora dos Sete Reinos, Khaleesi dos Dothraki, a Primeira de Seu Nome, é a última sobrevivente de sua casa, e está na disputa pelo trono de Ferro.

  • Casa Baratheon
undefined
Montagem
Casa Baratheon


“Nossa é a Fúria” é o lema da Casa Baratheon. Totalmente extinta em Game of Thrones, uma vez que seus herdeiros legítimos Robert, Stannis e Renly estão mortos, e os filhos de Cersei Lannister com Rob, Joffey, Tommen e Myrcela, que são frutos do relacionamento incestuoso da rainha com o irmão gêmeo, Jaime, também morreram.

A linhagem da Casa Baratheon teve início quando um dos generais de Aegon Targaryen, Orys Baratheon, consquistou o castelo Ponta Tempestade, no decorrer da Guerra e Conquista. Então, casou-se com Argella Durrandon, filha do último Rei da Tempestade. Orys tomou o castelo, e as terras, para si, além do brasão e do lema dos Durrandon.

Desde então, os Baratheon se mostraram uma das famílias mais leais ao reinado Targaryen.

  • Casa Martell
undefined
Montagem
Casa Martell


“Insubmissos, Não Curvados, Não Quebrados”, assim de denominam os Martell. A família de Dorne disputava o poder da região com outras casas e, na época, o brasão da casa mostrava apenas uma lança. Isso, e a situação de todos, mudou com a chegada de Nymeria.

A rainha guerreira de Rhoinar fugiu para Dorne com todos os sobreviventes de seu povo, após suas terras serem invadidas pelos valirianos e seus dragões. Ao chegar no novo local, queimou os próprios navios para que, assim, ninguém se arrependesse da escolha de tê-la acompanhado.

Então, Mors Martell se casou com ela, adicionando o sol como símbolo de seu brasão. Os Nymeros-Martell, juntos, conquistaram Dorne e se tornaram a casa mais poderosa da região. E, diferente dos outros reinos, por lá, as mulheres não são inferiores aos homens. Elas também podem ser guerreiras e assumir títulos nobres, como líderes de uma casa, por exemplo.

Atualmente, a Casa Martell foi extinta. Oberyn Martell foi morto após uma tensa luta contra Gregor Clegane, o Montanha. Antes disso, seu irmão também havia sido morto, a mando de Tywin Lannister. Depois disso, Ellaria Sand, sua companheira, se vingou da Rainha Cersei, matando Myrcela.

No entanto, a rainha se vingou, envenenando a filha de Ellaria e a deixando morrer na frente da própria mãe.

  • Casa Greyjoy
undefined
Montagem
Casa Greyjoy


“Nós não semeamos” é o lema da Casa Greyjoy e não é à toa. A frase faz uma ligação à pirataria, característica determinante da família. Eles vivem nas Ilhas de Ferro, afastados. Balon, o patriarca, morre durante a série, deixando seu irmão Euron, e os filhos Theon e Yara, como possíveis lordes em seu lugar.

Theon foi torturado por Ramsay Bolton e, por ter sido mutilado, não pode ter herdeiros. No entanto, a liderança dos Greyjoy está em disputa entre Yara e Euron, tio e sobrinha. Caso um dos dois sobreviva, seus herdeiros devem levar o sobrenome adiante.

Guerreiros do mar, seu trono fica localizado no Castleo de Pyke, de onde governam o arquipélago de terreno rochoso e mares tempestuosos.

  • Casa Bolton
undefined
Montagem
Casa Bolton


Talvez essa seja a casa mais violenta e impiedosa de todas, e essa fama já começa pelo brasão, que mostra um homem esfolado, sem pele. Sob o lema “Nossas lâminas são afiadas”, a casa jurou fidelidade aos senhores de Winterfell, os Stark, mas os traíram se aliando aos Lannister e tomando para si o título de Guardiões do Norte.

Não podemos esquecer, também, de Ramsay Bolton. Ao casar-se com Sansa Stark, o rapaz a estuprou. Na esperada Batalha dos Bastardos, o sádico finalmente teve o final que merecia, sendo vencido por Jon Snow e devorado por seus próprios cães de estimação, na sexta temporada. Atualmente, a Casa Bolton foi totalmente extinta.

  • Casa Frey
undefined
Montagem
Casa Frey


A rica família das Terras Fluviais chegaram ao poder por conta da sagacidade de seus antepassados, que construíram uma ponte no Ramo Verde, um dos rios que compõe o Tridente. Essa ponte conta com duas fortalezas iguais, chamadas de Gêmeas, que se tornaram uma passagem fundamental entre o norte e o sul de Westeros.

Leia também: O inverno chegou: oitava e última temporada de Game of Thrones agita os fãs

Waldey Frey, responsável pela morte de Catelyn, Robb e Talisa Stark, era considerado o Senhor da Travessia. Antes de ter sido morto por Arya Stark, o lorde sobreviveu a várias esposas e possuía centenas de herdeiros: 27 filhos e 7 filhas legítimas, além dos diversos bastardos.

  • Casa Arryn
undefined
Montagem
Casa Arryn


“Tão alto como a honra”, diz o lema oficial da Casa Arryn. Uma das famílias mais orgulhosas de Westeros, eles possuíram a guarda do Vale, região que engloba as Montanhas da Lua, o Vale de Arryn, as penínsulas conhecidas como os Dedos, e as ilhas Três Irmãs.

Com um acesso bem difícil por conta de sua geografia montanhosa, o Vale tem uma rota principal que é guardada pelo Portão Sangrento, que serve como parada para qualquer um que por ali entrar. Além disso, também serve como proteção do reino contra grupos selvagens e rebeldes, que não obedecem às leis de Westeros.

O Ninho da Águia, morada oficial dos Arryn, é situada na Lança do Gigante, o ponto mais alto das Montanhas da Lua. Jon Arryn era o líder da casa e, depois de vencer a rebelião de Robert Baratheon, finalmente foi nomeado Mão do Rei. Sua morte, que não apareceu na série, aconteceu de forma misteriosa.

  • Casa Mormont
undefined
Montagem
Casa Mormont


Por último, mas não menos importante, a Casa Mormont reina sob o lema “Aqui Nós Resistimos”. A família nobre, apesar de não serem muito ricos, do norte de Westeros, é extremamente leal aos Stark. Sua fortaleza fica na Ilha dos Ursos, situada na Baía de Gelo, muito perto da Grande Muralha.

A Casa Mormont era uma das poucas famílias que tinham uma arma ancestral de aço valiriano, a Garralonga, que foi dada a Jon Snow por Jeor Mormont, quando era o Lorde Comandante da Patrulha da Noite.

Leia também: "Game of Thrones": As expectativas dos fãs para a última temporada da série

Além de Jeor, Jorah Mormont, exilado de Westeros após ser descoberto traficando escravos, Maege Mormont e Lyanna Mormont são os outros integrantes da família. Até agora, somente Jorah e Lyanna estão vivos em "Game of Thrones", da HBO.

    Leia tudo sobre: Game of Thrones
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.