Atriz vendeu mansão no deserto da Califórnia
Reprodução/CRMLS 01.08.2022
Atriz vendeu mansão no deserto da Califórnia


Amber Heard vendeu por pouco mais de US$ 1 milhão (aproximadamente R$ 5,44 milhões) uma mansão na região desértica de Yucca Valley, no sul do estado da Califórnia, nos Estados Unidos. A venda da propriedade foi noticiada no portal TMZ. 

A estrela de "Aquaman" (2018) fechou o negócio em 18 de julho, pouco mais de um mês após ser condenada a pagar US$ 10,35 milhões (R$ 53,58 milhões) de indenização no processo de difamação movido contra ela pelo ex-marido, Johnny Depp. 

No mesmo processo, Depp foi condenado a pagar US$ 2 milhões em indenização a Amber Heard, também por difamação. Segundo o TMZ, o imóvel foi comprado por ela em 2019, por US$ 570 mil, quase R$ 3 milhões na cotação atual. 

A venda do imóvel vem à público após ser noticiado que documentos recém-revelados do julgamento envolvendo o ex-casal mostram que os advogados de Depp ofereceram a ela um acordo de US$ 16 milhões, por volta de R$ 82 milhões, mas a atriz recusou. 

O montante oferecido pelos advogados de Depp e recusado por Heard é quase o dobro do que ela deverá pagar ao ator quando descontados os 2 milhões de dólares, por volta de 10 milhões de reais, que a atriz irá receber de Depp.  

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários