Marilyn Manson e Love Bailey
Reprodução Instagram
Marilyn Manson e Love Bailey

Marilyn Manson, de 52 anos , foi acusado por mais uma mulher de agressão. A estilista Love Bailey, por meio de sua conta no Instagram, afirmou que o cantor apontou uma arma para sua cabeça durante uma sessão de fotos.

"Não sou fã da cultura do cancelamento, mas quando alguém como Marliyn Manson aponta uma arma para sua cabeça, é hora de falar", disse ela, na segunda-feira (01), sobre uma situação que teria acontecido em 2011.

"É 2021 e temos que tirar o poder dessas pessoas horríveis, para que não façam mal a ninguém", continuou Love, que é trans.

Procurada pelo Daily Beast , a estilista afirmou que vai procurar as autoridades para denunciar o ocorrido. "Sinto que é uma questão urgente falar diretamente para a câmera e dar meu depoimento do que aconteceu na noite em que conheci Marilyn Manson".

Entenda o caso

Tudo começou recentemente, quando a atriz Evan Rachel Wood publicou um desabafo em seu Instagram . No texto, a atriz revelou que sofreu abusos enquanto foi noiva de Marilyn Manson.

Você viu?

Após a denúncia, supostas novas vítimas surgiram. A repercussão foi tanta que a atriz recebeu apoio de Susan Rubio, senadora norte americana, que solicitou investigações ao Departamento de Justiça do país.

Evan chegou a publicar um documento em suas redes um documento  que mostra a manifestação da parlamentar. "As vítimas chamaram Marilyn Manson, conhecido como Brian Hugh Warner, de perpetrador. peço ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos que se reúna imediatamente com essas vítimas e investigue essas acusações", diz um trecho do comunicado.

O lado de Manson

Marilyn Manson
Divulgação
Marilyn Manson

Em resposta às acusações, o cantor usou suas redes sociais para se pronunciar . Na postagem, ele negou as agressões e que tenha sido demitido da gravadora em que atua.

"Obviamente minha arte e minha vida tem sido têm sido ímãs para controvérsia, mas essas afirmações recentes sobre mim são horríveis distorções da realidade. Meus relacionamentos íntimos sempre foram inteiramente consensuais com parceiros que pensam como eu. Independentemente de como - e por que - os outros agora estão optando por deturpar o passado, essa é a verdade.", disse ele, em postagem no Instagram.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários