Supla e Bárbara Paz na 1ª edição da Casa dos Artistas (SBT), em 2001.
Divulgação/SBT
Supla e Bárbara Paz na 1ª edição da Casa dos Artistas (SBT), em 2001.

Supla e Bárbara se conheceram há 20 anos, na primeira edição do reality show Casa dos Artistas, no SBT. O cantor  – filho dos políticos Eduardo e Marta Suplicy – e a atriz e diretora Bárbara Paz – que vai  representar o Brasil na próxima edição do Óscar (Babenco, 2019) – logo engataram um relacionamento e conquistaram o coração dos fãs do programa. 

Bárbara foi a vencedora, levando o prêmio de R$300 mil. Supla ficou em segundo lugar e recebeu R$100 mil. Cada um ganhou um Doblô, novo carro da Fiat naquele ano. A final do programa registrou a maior audiência do SBT até hoje, foram 47 pontos e picos de 55, contra 18 pontos da Rede Globo.

O namoro relâmpago foi refilmado por Hector Babenco, companheiro de Bárbara durante seis anos, para "Meu Amigo Hindu", último filme do cineasta antes de morrer, em julho de 2016.

Ao UOL, Bárbara disse que reviver o caso com Supla no filme foi engraçado: "Saiu do filme porque estava muito longo e realmente não precisava, mas ele quis filmar. Claro, ele ficcionalizou um pouco, teve o cara com a mala de dinheiro, brincou com aquilo, mas tem no DVD, em inglês ainda. Foi muito engraçado e foi muito bom. O Hector disse: 'Quero que você faça igualzinho'. Falei: 'Ai, meu Deus'.”

Supla também estranhou o convite de Babenco para refilmar a participação na Casa dos Artistas: "Eu não entendi nada, mas acho que ele estava contando a história dele nesse filme, viu ela e se apaixonou nesse reality show mesmo. Adoro a Bárbara, mas foi simplesmente atuação, superprofissional. De repente ele quis rever aquilo como foi mesmo, em que a Bárbara chorou".

Veja a vitória de Bárbara Paz na Casa dos Artistas:



Em junho deste ano, o cantor recebeu a ex-namorada em uma live que fez em seu canal do YouTube, na qual relembraram o namoro, a participação no reality e comentaram sobre a edição de 2020 do BBB.

Na live, Supla perguntou a Bárbara se foi machista na Casa dos Artistas. Ela tentou responder, dizendo que ele é quem tinha que saber o que é machismo para ele, mas foi interrompida. “Mas eu quero saber, tô te perguntando. Cê acha que eu fui machista em alguma coisa? Peço desculpas se eu fui. A gente precisa tomar cuidado. Machismo, eu não lembro de ter feito uma coisa machista. Não sei se pega meio na relação amorosa e tal. Machismo, assim, não sei, acho que não”, disse o cantor.

Bárbara Paz pontuou em seguida: “A gente tá falando de 20 anos atrás. Hoje em dia você não pode fazer muita coisa que falava, verbalizava, na brincadeira. E você sempre brincou muito com algumas coisas. Não tô falando que você é machista. Mas o tom, há 20 anos, que os homens falavam, hoje já não pode. E precisa se policiar, você sabe do que eu tô falando”.

Veja a live de Supla com participação de Bárbara Paz:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários