Conhecido por ter interpretado Eddie na série "As Visões da Raven, da Disney, Orlando Brown fez sérias acusações a Will Smith em um vídeo divulgado nas redes sociais. O ator diz que foi abusado sexualmente pelo astro de Hollywood quando era apenas uma criança. 

Leia também: Will Smith lança série gravada em sua casa com participação da família e famosos

Will Smith arrow-options
Reprodução Instagram
Will Smith é acusado de pedofilia

Leia também: Jada Pinkett Smith se preocupava com o tanto de maconha que Willow Smith fumava

No vídeo que viralizou nas redes sociais, Orlando está transtornado e segura uma faca na mão. Ele alega que foi estuprado por Will Smith e Michael Jacksson na infância e ainda diz que é filho do rei do pop. O ex-ator mirim alega que ele é, na verdade, Blanket Jackson, um herdeiro da voz de "Billie Jean" que teria sido abusado sexualmente e depois abandonado pelo artista.

Por mais que também acuse Michael Jackson , Orlando xinga diversas vezes o astro de "À Procura de Felicidade" durante a publicação e revela que tem até mesmo vontade de matá-lo. "Você me estuprou quando eu era criança e ainda tenta sair livre disso! Como assim? Eu estou sentado bem aqui, toda vez que eu te vejo eu quero cortar o seu pescoço!", grita com a faca na mãe.


Leia também: "BBB 20": Quarta mulher acusa Felipe Prior de estupro

Nas redes sociais, as opiniões estão dividias. Algumas pessoas estão alegando que não pode desacreditar completamente uma pessoa que diz ter sido vítima de estupro sem fazer uma investigação. Quem defende esse ponto de vista também lembra que o marido de Jada Pinkett Smith apareceu na lista de pessoas que voava no avião do empresário Epsten, acusado de comandar uma rede de pedofilia.

Há também as pessoas que não estão comprando essa história. Muitos internautas defendem que Orlando Brown deve procurar ajuda, pois ele está visivelmente perturbado no vídeo e já admitiu ter tido problemas com drogas no passado. Essa parcela da web acredita que Will Smith é inocente.


    Veja Também

      Mostrar mais