Joelma está com problemas na Justiça. A cantora está sendo acusada por ex-funcionários de não ter cumprido a legislação trabalhista ao demiti-los. A loira teria mandado embora ao menos dez pessoas e não pagou o valor certo da rescisão de contrato. 

Leia também: Joelma afirma que está pronta para o amor: "Quero casar e ter mais um filho"

Joelma arrow-options
Reprodução/Instagram
Joelma


Leia também: Ximbinha é acusado de ter agredido a ex-vocalista de sua banda Cabaré do Brega

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, Joelma despediu em 2017 profissionais que trabalhavam com ela em shows e no escritório. As demissões ocorreram após a artista contratar um novo produtor e começar a renovar a equipe. Porém, ao mandar os funcionários embora sem justa causa, ela pagou um valor menor do que deveria pela rescisão. Assim que percebeu isso, a antiga equipe da paraense decidiu reivindicar seus direitos na Justiça.

Os valores das causas variam de 25 mil a 233 mil reais. Alguns dos ex-funcionários chegaram a fazer um acordo com a voz de "Voando pro Pará". Porém, a negociação não deu em nada, já que a loira atrasou os pagamentos e não quitou a multa pelos atrasos. 

Leia também: Climão! Joelma encontra ex-suposto affair de Ximbinha em show

Além de estarem acusando Joelma de não cumprir com os direitos trabalhistas, os antigos membros da equipe da cantora ainda fazem outra acusação . Eles disseram à colunista que não podem falar com a imprensa sobre esse assunto, pois foram ameaçados de tomar um processo.

    Veja Também

      Mostrar mais