A ex-apresentadora do "Bem Estar", Mariana Ferrão causou revolta entre os vizinhos. Ela mora em um condomínio de luxo em Itu, interior de São Paulo, e divulgou que havia sido infectada pelo novo coronavírus por meio de um vídeo no YouTube. Essa atitude não caiu bem entre os moradores do local e os condôminos ainda ficaram revoltados com o fato da jornalista não seguir a quarentena. 

Leia também: Moradores se revoltam contra Mariana Ferrão e exigem isolamento por coronavírus

Mariana Ferrão arrow-options
Reprodução/Instagram
Vizinhos de Mariana Ferrão a acusam de fazer marketing pessoal com coronavírus


Segundo a coluna Notícias da TV, do UOL , os vizinhos da ex-Globo ficaram preocupados quando souberam que Mariana Ferrão está com Covid-19 e logo começaram a discutir o assunto em grupos de mensagem. Porém, eles negam que tenham obrigado a jornalista a sair do condomínio ou colocado um segurança na frente da casa da apresentadora, para que ele a impedisse de furar o isolamento. 

Mesmo que não tenham tomado essas medidas drásticas, os vizinhos de Mariana estão revoltados com o fato de, mesmo podendo transmitir o coronavírus, ela tenha saído para fazer caminhada pelo condomínio. "Uma pessoa com coronavírus não pode fazer isso impunemente no condomínio, mas não houve nada opressor. Houve apenas um telefonema da administração recomendando que ela se isolasse em casa. Não houve pressão, repressão ou intimidação", disse a conselheira do condomínio. 

Leia também: Ao vivo, jornalista da Globo chora ao falar do coronavírus para idosos

Os moradores do condomínio de alto padrão chegaram a cogitar mover um processo judicial contra a jornalista, mas já descartaram essa ideia e só querem que ela fique em isolamento. Além disso, um vizinho de Mariana critica o fato de ele ter anunciado que está com a Covid-19 por meio de um vídeo: "Ela glamorizou o coronavírus, fez um vídeo que já foi visto por mais de 410 mil pessoas. Acho um absurdo quem trabalha com mídia fazer marketing pessoal em cima disso".

O Outro Lado da História

Defendendo o próprio ponto de vista, Mariana Ferrão disse que não tocou ou falou com ninguém durante a caminhada e ainda revelou que foi abordada por um segurança pedindo para ela voltar para casa. "Eu trabalho com área de saúde , jamais colocaria a vida das pessoas em risco", argumentou a jornalista ao Uol. 

Leia também: Mariana Ferrão fala sobre sua saída da Rede Globo: “a sensação é de liberdade”

Porém, os outros moradores não pensam da mesma forma. "Ela foi um mau exemplo de cidadania e solidariedade. Numa situação em que as crianças não podem sair de casa para proteger os mais velhos, uma pessoa que está com o vírus não pode sair na rua e contagiar muitas outras pessoas. E se ela caísse e um funcionário ou morador tivesse que ajudar?", concluiu a conselheira do condomínio onde Mariana Ferrão mora.

    Veja Também

      Mostrar mais