Tamanho do texto

Acusação partiu do irmão do cantor, Aaron Carter, que fez as revelações em sua conta do Instagram e aproveitou o momento para chamar atenção do FBI

De segunda (23) para terça (24) Aaron Carter resolveu acusar seu irmão, Nick Carter, do Backstreet Boys, de estuprar uma senhora de 91 anos.  No Instagram, Aaaron compartilhou um vídeo em que aparece brigando com Nick. Na legenda ele fez a revelação marcando o FBI.

Leia também: Voltaram com tudo! Dez coisas sobre "DNA", novo álbum dos Backstreet Boys

Nick Carter e Aaron Carter arrow-options
Divulgação
Nick Carter e Aaron Carter

"Hey FBI, meu irmão estuprou Mildred e me contou em segredo, em sua caminhonete, que ela tinha 91 anos, e meu irmão me disse que cobriu a boca dela para que ninguém pudesse ouvi-la gritar", iniciou o irmão de Nick Carter

Leia também: Nick Carter, dos Backstreet Boys, acusa irmão de atacar sua esposa grávida

"Coloque-me em um polígrafo, por favor, minha mãe sabe ... ela está cuidando de duas mulheres idosas que estavam no hospício, Mildred e Opal", continuou o irmão do integrante do Backstreet Boys , que aproveitou o momento para questionar o FBI : "O que vocês vão fazer sobre isso? Nada? Estou relatando uma violação de Nick em mulheres idosas. Ele as estuprou. Coloque Nick em uma máquina de polígrafo, por favor". 

Leia também: Sucesso dos anos 90, Backstreet Boys retorna ao Brasil

A revelação chega após Nick e Angel Carter apresentarem uma ordem de restrição contra Aaron, alegando que o caçula teria ameaçado sua esposa, que está grávida, de morte. Ao TMZ , o rapaz negou as acusações e garantiu que jamais machucaria sua família. Mesmo assim, Aaron deve ficar a pelo menos 30 metros de distância de seu irmão, Nick Carter