Depois de ter sido acusada pelas autoridades dos Estados Unidos por comprar uma vaga em  universidades de elite para a filha, Lori Loughlin está se sentindo culpada e envergonhada por ter tomado tal atitude.

Leia também: Felicity Huffman se declara culpada e pode pegar quatro meses de prisão

Lori Loughlin e o marido, Mossimo Giannulli, ao lado das filhas Olivia e Isabella
Reprodução/Instagram
Lori Loughlin e o marido, Mossimo Giannulli, ao lado das filhas Olivia e Isabella


De acordo com a revista People , Lori Loughlin se arrepende. “Ela está com remorso e alguns arrependimentos. Ela está constrangida e envergonhada, ela sabe que a reputação dela foi arruinada, mas ela também acredita que as acusações contra ela são verdadeiras”, disse uma fonte à publicação.

Leia também: Envolvida em polêmica de suborno, Lori Loughlin posa com elenco de "Full House"

Ao lado de pelo menos 50 outros pais, a atriz e o marido, Mossimo Giannulli, foram pegos em uma operação deflagrada pelo FBI em março deste ano, o que comprovou o pagamento de propina para garantir o ingresso de jovens em universidades de elite dos Estados Unidos.

“A Lori realmente não acreditava que estava fazendo nada de diferente ao doar o dinheiro, é por isso que ela se disse inocente perante à Justiça”, completou a fonte. Além de Loughlin, Felicity Huffman , também atriz, foi pega na operação. ela admitiu participação no esquema e se declarou culpada.

Leia também: Lori Loughlin acredita que pode sair ilesa da prisão após subornar universidade

Vale lembrar que Felicity Huffman, que está no elenco da série “Olhos Que Condenam”, ficou para trás na corrida pelo Emmy. Os atores principais da produção da Netflix foram indicados à premiação, mas a atriz ficou de fora. Lori Loughlin  se apresentará à Justiça no dia 27 de agosto.

    Veja Também

      Mostrar mais