Tamanho do texto

Em seu Twitter, Donald Trump chamou o caso do ator de "revoltante" e informou que o FBI e o Departamento de Justiça devem revisar

Mais um capítulo da confusão envolvendo o ator da série "Empire", Jussie Smollett. Na última terça-feira (26), as acusações contra ele foram retiradas e o ator deverá pagar apenas uma multa. O que ele não esperava era que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falasse a respeito.

Leia também: Caso Jussie Smollett: polícia investiga se ator armou a própria agressão

Jussie Smollett tem acusações contra ele retiradas, mas Donald Trump declara que FBI irá revisar o caso
Divulgação
Jussie Smollett teve as acusações retiradas e deve pagar apenas uma multa


Na manhã dessa quinta-feira (28), Donald Trump usou seu perfil do Twitter para falar sobre a confusão de Jussie Smollett . “O FBI e o Departamento de Justiça vão revisar o revoltante caso de Smollett em Chicago. É uma vergonha para a nossa nação”, declarou.

A confusão se iniciou em janeiro, quando o ator alegou ter sido vítima de um ataque racista e homofóbico, mas dias depois ele foi acusado pela polícia de Chicago de forjar o crime e o motivo seria por insatisfação com seu salário na série “Empire”.

Porém, na última terça-feira (26), seus advogados entraram em acordo com os promotores de Chicago e Smollett deve deixar com o estado os US$ 10 mil que pagou como fiança quando foi preso.

Leia também: Jussie Smollett fecha acordo e não vai a julgamento nos EUA

Quem decidiu abandonar as acusações foi a promotora chefe Kim Foxx, que informou à polícia que Jussie apenas seria condenado a prestar serviço comunitário caso fosse a julgamento. Kim também alegou que ele já realiza trabalho voluntário em Chicago, e que dessa forma a condenação seria redundante.

“Jussie foi atacado por duas pessoas que ele não conseguiu identificar em 29 de janeiro. Ele foi vítima, mas foi tratado como vilão e criminoso, graças à declarações falsas e inapropriadas fitas ao público [pela polícia]”, os advogados de Smollett falaram em comunicado oficial.

"Jussie e muitas outras pessoas foram prejudicadas por estas ações injustas", continuaram. "Toda esta situação serve para nos lembrar que um caso criminal não deve ser provado na Corte da opinião pública. Fazer isso é errado.”

Leia também: Jussie Smollett fecha acordo e não vai a julgamento nos EUA

O caso Jussie Smollett

Elenco da série
Reprodução/Instagram
Elenco de "Empire" pede a demissão de Jussie Smollett

A polêmica começou em 29 de janeiro, quando Smollett declarou ter sido agredido por dois homens. Após as investigações, a polícia de Chicago concluiu que ele teria pagado uma quantia equivalente a pouco mais de R$13 mil para simular o ataque e com isso, ele foi detido e só foi liberado após pagar fiança.

Assim que saiu da cadeia, Jussie Smollett retornou ao set de gravação, mas o clima com o elenco de “ Empire ” não foi dos melhores. Mesmo se declarando inocente, seus companheiros de série pedem sua demissão

    Leia tudo sobre: Donald Trump
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.