Tamanho do texto

"Esse senhor não tem limites e agora irá aprender com as consequências dos seus atos", anunciou Túlio Gadêlha, deputado de Pernambuco, no Instagram

Túlio Gadêlha, conhecido na mídia principalmente por causa de seu namoro com Fátima Bernardes e por seu cargo de deputado federal de Pernambuco, utilizou o Instagram nesta quinta-feira (27) para anunciar que está processando o deputado paulista recém eleito, Alexandre Frota, por uma declaração xenofóbica. Segundo Túlio, o motivo do processo teria sido a frase "Só podia ser de Pernambuco" dita por Frota durante uma discussão na internet.

Túlio Gadêlha anunciou por meio do Instagram que está processando o deputado Alexandre Frota por xenofobia
Reprodução/Instagram
Túlio Gadêlha anunciou por meio do Instagram que está processando o deputado Alexandre Frota por xenofobia

Leia também: Túlio Gadelha homenageia "melhor Natal" ao lado de Fátima Bernardes com selfies

Esta quinta (27), já começou pegando fogo. Logo pela manhã, uma publicação de Túlio Gadêlha no Instagram desencadeou uma verdadeira briga de foices entre os internautas. Isso porque o deputado federal de Pernambuco decidiu tomar à frente diante de uma situação que encarou como xenofobia, ou seja, o preconceito ou a aversão a alguma pessoa por causa de sua região.

"Xenofobia é crime. Agora é com a Justiça, Frota", Túlio escreveu na publicação do Instagram, que conta com uma foto sua segurando os papéis do processo. "Protocolei hoje interpelação judicial - pedido de explicações em juízo e representação contra o deputado paulista recém eleito, Alexandre Frota . Esse senhor não tem limites e agora irá aprender com as consequências dos seus atos", declarou o namorado de Fátima Bernardes por meio da legenda de sua portagem, que em menos de uma hora atingiu mais de 30 mil curtidas.

Leia também: Caetano Veloso processa Alexandre Frota e ator tira sarro cantando 

Além de Túlio Gadêlha: Outros processos contra Alexandre Frota

Alexandre Frota foi condenado pela justiça a pagar indenização de R$ 20 mil a Gilberto Gil por danos morais
Reprodução
Alexandre Frota foi condenado pela justiça a pagar indenização de R$ 20 mil a Gilberto Gil por danos morais

Não foi a primeira vez que Frota foi prensado na parede por causa de alguma atitude considerada ofensiva. O ex-ator pornô foi condenado a indenizar o cantor Gilberto Gil com R$ 20 mil por danos morais, em setembro deste ano. A ação tinha sido movida por Gilberto no ano passado.  

Leia também: Alexandre Frota é condenado a indenizar Gilberto Gil por postagens ofensivas

Túlio Gadêlha  e Gilberto Gil não foram os únicos que moveram uma ação contra Frota. Chico Buarque e Caetano Veloso também processaram o agora candidato a deputado federal. Em agosto deste ano ele foi também condenado a pagar R$ 50 mil a Chico. Ainda este ano, ele foi acionado novamente na justiça por Caetano, que o processou por calúnia e difamação por ter sido chamado de pedófilo.

    Leia tudo sobre: Instagram

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.