Tamanho do texto

Apresentadora usou as redes sociais para dizer que está perseguida por uma mulher, assim como aconteceu em 2016, quando fã invadiu quarto de Ana

Ana Hickmann usou suas redes sociais na tarde desta quarta-feira (12) para fazer um desabafo e denunciar que está sendo perseguida novamente por um stalker, dessa vez uma mulher.

Leia também: Ana Hickmann renova com a Record e segue como uma das principais apresentadoras

Anna Hickmann diz que está sendo perseguida novamente
Reprodução/Instagram
Anna Hickmann diz que está sendo perseguida novamente


"Mais uma vez estou sendo perseguida por uma pessoa totalmente descompensada, uma maluca. Ela começou mandando mensagens nas minhas redes sociais, me ofendendo, me falando absurdos", disse Ana Hickmann em vídeos publicados nos Stories do Instagram.

"Ela tem o mesmo perfil do outro rapaz que quase tirou minha vida, apontou o revólver para a minha cabeça, quase acabou com a minha família", continuou a apresentadora , relembrando o caso em que foi feita de refém dentro de um hotel em Belo Horizonte, em 2016. 

Leia também: Ana Hickmann posa de biquíni de deixa tatuagem a mostra

"Eu comecei bloqueando, mas percebi que a perseguição continua com meus amigos e familiares. Antes, a gente apagava e bloqueava. Agora não dá mais, eu não vou viver com medo. Ela está me assustando, me ameaçando, me coagindo. Eu tenho medo sim de pessoas que escrevem certos tipos de mensagem falando da sua moral, da sua família", revelou Ana.

"Você pode achar que está escondida atrás do Instagram, mas você conseguiu chamar a minha atenção. Você me deixou apavorada assim como um outro maluco quase acabou com a minha vida. Não vou tolerar outro psicopata na minha vida", disparou.

Caso Ana Hickmann

Ana Hickmann já foi perseguida por fã, que acabou morto
Divulgação
Ana Hickmann já foi perseguida por fã, que acabou morto


Ana foi alvo de uma tentativa de homicídio em maio desse ano, em Belo Horizonte. A artista teve o quarto de seu hotel, no bairro Belvedere, invadido por um homem armado. O rapaz, identificado como Rodrigo Augusto de Pádua, era fã da apresentadora e tentou atirar nela, mas acabou atingindo sua assessora, Giovana Oliveira, com dois tiros. 

Leia também: Ana Hickmann sofre tentativa de homicídio em hotel de Belo Horizonte

O atirador acabou desarmado e morto por Gustavo Henrique Corrêa, cunhado de Ana Hickmann , que antes por rendido por Rodrigo e obrigado a mostrar onde era o quarto dela.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.