Tamanho do texto

Atriz revelou na noite da última quinta-feira (18) que os dois não estão mais juntos, mas não quis dar muitos detalhes sobre o que aconteceu; leia mais

O quarto término de Neymar e Bruna Marquezine pegou a todos de surpresa. Tudo bem que já rolavam alguns boatos de que o casal não estava mais junto depois da atriz aparecer em Fernando de Noronha sem aliança , entre outras atitudes do ex-casal, mas quando Bruna revelou na noite da última quinta-feira (18) que os dois não estavam mais juntos, a web pirou.

Neymar e Bruna Marquezine
Reprodução/Instagram
Neymar e Bruna Marquezine

Bruna limitou-se a dizer que sim, eles não estão mais juntos, mas que existe muito carinho e respeito entre os dois e que a decisão veio da parte do craque do PSG. Mas por que os fatos nos fazem acreditar que, dessa vez, o término de Neymar e Bruna Marquezine seja real?

O primeiro e mais importante fato que nos faz acreditar nisso, é o fato de que, pela primeira vez, a decisão do término veio de maneira unilateral. Neymar que decidiu  terminar com Bruna.

Leia também: "Foi uma decisão dele", diz Bruna Marquezine sobre fim de namoro com Neymar

Ao mesmo tempo, algo inédito entre as idas e vindas do ex-casal aconteceu: Bruna não deixou de seguir o jogador, e vice e versa, e nenhum dos dois apagou as fotos que eles estão juntos da web.

Término de Neymar e Bruna Marquezine pode ter relação com a política?

Posicionamento político pode ter a ver com término de Neymar e Bruna Marquezine
Reprodução/Instagram
Posicionamento político pode ter a ver com término de Neymar e Bruna Marquezine


Aproximadamente na época do primeiro turno das eleições presidenciais do Brasil, alguns sinais que podiam significar um desgaste no casal já apareceram. Enquanto Bruna defendia o movimento #EleNão, contra o candidato Jair Bolsonaro, Neymar e sua família mostravam simpatia pelo candidato do PSL. O craque, no entanto, se importou menos que ela sobre o assunto, mas ao que tudo indica, Marquezine levou isso a sério.

Quando revelou que ela e Neymar haviam terminado, a atriz negou que esse tenha sido o motivo. "Só queria esclarecer que esse término não foi por desentendimento político", disse ela. "Estamos vivendo um momento muito crítico e perigoso, de muito ódio, e, não, o término não teve nada a ver com isso", concluiu.

Leia também: Internautas transformam fim de Bruna Marquezine e Neymar em memes

Em meio a tudo isso, Neymar e seus parças viajaram para Peniche, em Portugal. Já Bruna Marquezine foi para Fernando de Noronha com Giovanna Ewbank, Fernanda Nobre, Marina
Moschen, do fotógrafo Elvis Moreira e do produtor Léo Fuchs, e o irmão bonitão (e solteiro) de Giovanna, Gian Luan Ewbank.

Por fim, os dois têm uma vida completamente conturbada e, enquanto o craque vive em Paris, Marquezine mora no Brasil e vive viajando para diversos lugares a trabalho. Seria mais um motivo do rompimento? De acordo com o jornalista João Henrique Marques, o  término de Neymar e Bruna Marquezine  se deve ao fato da atriz ter se recusado ir morar na França.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.