Tamanho do texto

Jane Fonda se abre sobre suicídio de sua mãe quando ela tinha 12 anos de idade e como ela conseguiu se perdoar. Confira o que disse a artista

Em entrevista à revista People , a atriz Jane Fonda quebrou o silêncio sobre um dos momentos mais traumáticos de sua vida. Sua mãe, que sofria de transtorno bipolar, se suicidou quando a artista tinha apenas 12 anos de idade.

Leia também:  Aos 80 anos, Jane Fonda diz que sexo só melhora com a idade

Jane Fonda
Divulgação
Jane Fonda

Estrela de “Grace e Frankie”, Jane Fonda falou sobre como foi crescer com uma mãe bipolar e como ela aprendeu a entender e perdoar. “Se você tem um pai que não é capaz de mostrar-se, não é capaz de refletir de volta através dos olhos do amor, que tem um grande impacto sobre o seu sentido de auto”, disse a atriz para a revista People

A atriz conta que se sentia culpada pelo o que aconteceu com sua mãe: "Quando você é criança e algo assim acontece, você culpa a si mesmo. Você não pode culpar o adulto, porque para você ele é uma figura de autoridade, ele está cuidando de você. É difícil superar essa culpa", revelou Fonda.

Leia também: Filme de Jane Fonda e Robert Redford é aplaudido em Veneza

Frances Ford Seymor, uma socialite canadense, casou-se com Henry Fonda em 1936 e tiveram dois filhos: Jane e Peter. Em 1950, Seymor tirou a própria vida ao cortar sua garganta em uma instituição psiquiátrica.

A atriz escreveu um livro de memórias chamado “My Life So Far”, que foi dedicado para sua mãe: “Quando escrevi meu livro de memórias, dediquei-o à minha mãe porque sabia que, se o fizesse, seria forçada a realmente tentar entendê-la. Fazer pesquisa sobre minha mãe e sua doença foi uma forma de entender que não foi minha culpa", relatou Fonda. 

Jane Fonda faz revelação sobre vida sexual 

Produzido pela HBO, o documentário
Divulgação
Produzido pela HBO, o documentário "Jane Fonda in Five Acts" mostra detalhes da vida polêmica da estrela




Leia também: Emmy tem empate entre HBO e Netflix e novas comédias brilham

Recentemente, Jane Fonda concedeu uma entrevista para um site autraliano e afirmou que o sexo só melhora com o tempo e quando as mulheres se conhecem mais. "Para as mulheres, fica melhor porque entendemos mais os corpos. Sabemos o que precisamos e sabemos do que gostamos e temos menos medo de pedir por isso”, relatou a artista. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.