Tamanho do texto

Os fãs cobraram um posicionamento da cantora depois de descobrirem que Anitta segue um perfil declaradamente a favor de Bolsonaro no Instagram

A cantora Anitta se pronunciou por meio dos stories nesta quarta-feira (19) depois de ser cobrada pelos seus fãs sobre seu posicionamento político envolvendo Bolsonaro . Tudo começou quando o público descobriu que a cantora segue no Instagram um perfil declaradamente a favor do candidato à presidência nas eleições 2018.

Anitta se pronuncia sobre suposto apoio ao candidato Bolsonaro
Reprodução/Instagram
Anitta se pronuncia sobre suposto apoio ao candidato Bolsonaro

Leia também: Desgaste? Falta de empatia? Como explicar afastamento entre público e Anitta?

Anitta foi prensada na parede pelo público na internet afora por seguir um perfil que apoia Bolsonaro nas redes sociais. Depois que seus fãs exigiram que a cantora se manifestasse, a mesma utilizou os stories para falar sobre o assunto.

De acordo com o que disse nos stories, o que aconteceu foi que a famosa começou a seguir uma amiga que não via há anos na rede em questão. "Hoje eu me senti atacada, xingada, massacrada por seguir uma amiga que expôs publicamente a sua intenção de voto", declarou. "Eu não gostaria de ter que parar de falar com ela por causa da opinião política dela", a cantora esclareceu.

Anitta clama por voto secreto

Anitta utiliza o direito ao voto secreto para manter silêncio sobre posição política após polêmica envolvendo os fãs
Divulgação
Anitta utiliza o direito ao voto secreto para manter silêncio sobre posição política após polêmica envolvendo os fãs

Leia também: Após pressão na web, Anitta se pronuncia sobre suposto apoio a Jair Bolsonaro

"Mais amor", a cantora pediu na rede social depois de falar sobre cyberbullying e ter se sentido atacada pelo público por causa do ocorrido. Sobre sua posição política, Anitta anunciou: "Eu tenho o meu candidato, mas também tenho sim o direito de ter o voto secreto".

Não satisfeita com o seu desabafo no Instagram, a cantora levou o assunto ao Twitter, onde teve que lidar com a má repercussão do público, principalmente de seus fãs.

"É totalmente incoerente dizer que eu apoio a morte à comunidade LGBTQ+ quando eu faço parte dela. Estaria apoiando minha própria morte", a famosa declarou por meio de um tuíte. 

Leia também: Fãs de Anitta detonam cantora após seu posicionamento sobre Bolsonaro

Anitta manteve oculto o seu posicionamento político. "Não quero ser obrigada a odiar ninguém por isso. Não quero ser obrigada a fazer campanha política quando não foi esse o trabalho que escolhi", disparou. Diferente da cantora, diversas famosas se manifestaram contra o polêmico candidato do PSL. A celebridade mais recente a aderir à tag "EleNão" foi a drag queen Pabllo Vittar.

    Leia tudo sobre: Anitta Instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.