Tamanho do texto

Leo Dias ficará afastado do "Fofocalizando" durante o tratamento; entenda

Na manhã desta quinta-feira (13), Leo Dias foi o convidado do programa "Morning Show", da rádio Jovem Pan. Durante a entrevista, o apresentador do " Fofocalizando ", que assumiu ser usuário de cocaína , falou que vai precisar se afastar da atração.

Leia também: Leo Dias fala de possível briga na justiça com Anitta: "Vai ficar feio pra você"

Leo Dias fala sobre tratamento de drogas
Reprodução/SBT
Leo Dias fala sobre tratamento de drogas

A ausência de Leo Dias começará a partir da próxima segunda-feira (17), e seguirá por duas semanas. O motivo é um tratamento não-convencional a base da droga Ibogaína, com princípio ativo de uma planta africana, que é utilizada para reverter os efeitos de narcóticos.

Leia também: Após brigas com Leo Dias, Mara Maravilha deixa "Fofocalizando"

De acordo com Dias, o tratamento causa alucinações ininterruptas. “Eu vou combater a droga com uma droga, vou fazer uso da droga mais poderosa do planeta Terra: Ibogaína, que é uma droga que provoca alucinações, são 12 horas de alucinações ininterruptas, você fica cara a cara com a morte e após uma semana acaba com a fissura, que é aquela vontade que não termina nunca”, explicou ele.

Segundo o jornalista, ele tem autorização do Ministério da Saúde para importar a droga, que é proibida pela Anvisa. Sobre os riscos do tratamento, ele disse estar ciente e que não os temem: “O que eu já fiz com o meu corpo com a cocaína, meu amor, você não tem ideia”.

Deixando claro que tem consciência de ser o responsável por seu vício, ele falou que o uso de cocaína funciona como uma fuga devido ao seu trabalho estressante. 

“Minha terapeuta diz que meu trabalho é o mais insalubre que já viu na vida, que poucas pessoas sobreviveriam a ser o Leo Dias por muito tempo, ser atacado por artistas e anônimos das mais diversas fontes, são processos. Lembro que eu cheirei quase três dias seguidos quando a Viviane Araújo prestou queixa contra mim na delegacia, por algo que eu não fiz, me deixou tão mal que eu fujo, a cocaína acabou sendo minha companhia durante muito tempo”, explicou o apresentador.

“Não quero que ninguém tenha pena de mim não, não sou vítima, o culpado sou eu, só que eu sei exatamente os meus erros e que eu sou o responsável por cuidar deles”, ressaltou ele.

Leia também: O barraco tá armado! Desmentido, Léo Dias declara guerra a Bruna Marquezine

Leo Dias  também contou que, após se envolver em uma desavença com Mara Maravilha, que na época também apresentava o "Fofocalizando", além de alguns outros problemas, sua demissão foi pedida pela diretoria no SBT. No entanto, Silvio Santos foi quem vetou a saída de Leo da emissora. Segundo ele, a atitude do chefe tem justificativa: Silvio o acha bom e sabe que está doente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.