Tamanho do texto

Ator foi detido na manhã desta quinta-feira (03) após se envolver em um acidente de trânsito. De acordo com boletim policial, ele tentou fugir do local

Fábio Assunção declarou, por meio de seu advogado, que não tem o dinheiro necessário para pagar sua fiança. As informações foram dadas a Folha de S.Paulo. Ao jornal, o advogado Theodoro Balducci afirmou que o ator não dispõe da quantia de R$ 30 mil.

Ator Fábio Assunção foi enviado ao 78º DP de São Paulo depois de se recusar a fazer o bafômetro
Reprodução/TV Globo
Ator Fábio Assunção foi enviado ao 78º DP de São Paulo depois de se recusar a fazer o bafômetro

Fábio Assunção foi detido na manhã desta quinta-feira  (03), depois de se envolver em um acidente de trânsito. De acordo com o boletim oficial, a polícia foi chamada ao local e encontrou o ator bastante alterado. O documento informa ainda que Fábio tentou fugir da cena.

Com a chegada dos oficiais, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi encaminhado para o 78º DP, na região dos Jardins em São Paulo. Ele foi indiciado por embriaguez ao volante, e encaminhado ao Instituto Médico Legal para fazer exames toxicológicos.

Já na parte da tarde, sua fiança foi estabelecida em R$ 30 mil para responder pelo crime em liberdade. À Folha, Balducci afirmou que o ator se propôs a conseguir o dinheiro, mas o delegado não quis esperar, portanto seria encaminhado para uma audiência de custódia ainda nessa quinta.

Leia também: Prisão, vício e mais: Relembre as polêmicas de Fábio Assunção

O ator chamou o incidente de “lamentável”, enquanto seu advogado sustenta a versão de que o ator não estava embriagado.

Problemas de Fábio Assunção com a polícia

Fábio Assunção está atualmente no ar na supersérie
Divulgação
Fábio Assunção está atualmente no ar na supersérie "Onde Nascem os Fortes", onde atua ao lado de Patrícia Pillar

Essa não é a primeira vez que o ator tem problemas com a polícia. No ano passado, Fábio foi preso depois de um desentendimento durante uma festa em Arcoverde, interior do Pernambuco. Ele participava de uma festa de São João quando houve uma briga.

Ele xingou policiais e ainda quebrou vidros da viatura em que foi levado. Dias depois, o ator admitiu ter de “excedido”, mas negou o uso de substâncias ilícitas. "Lamento muitíssimo o ocorrido em Arcoverde”, disse o ator na época. “Errei ao me exceder. Não fiz uso de nenhuma droga ilícita - o que será comprovado pelo exame toxicológico que eu mesmo pedi para ser feito. Serei responsável pelos danos causados”, completou Fábio Assunção .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.