Tamanho do texto

O renomado jornalista e âncora do Jornal Nacional desabafou no Instagram após receber comentários maldosos na foto de seu pai, morto recentemente

Nesta quinta (1º), o renomado jornalista e âncora do "Jornal Nacional" William Bonner perdeu as estribeiras e resolveu expor um hater e bater de frente com ele no Instagram . A situação chegou ao seu limite após o usuário fazer comentários maldosos na foto do pai de Bonner , que já morreu.

Leia também: Fátima Bernardes manda indireta para William Bonner ao vivo e público reage

William Bonner
Reprodução/Rede Globo
William Bonner

"A pessoa me insulta desde o anúncio do fim de meu casamento, há um ano e meio. Eu a bloqueio.  A pessoa cria outro perfil. E insulta meus seguidores em comentários. Eu bloqueio. A pessoa cria outro perfil. Manifesta o desejo de que eu morra. Eu a bloqueio. E bloquearei sempre. É do jogo", desabafou William Bonner .

Leia também: William Bonner faz graça e careta nas redes sociais durante suas férias

"Então a pessoa cria mais um perfil pra ultrapassar todos os limites e desrespeitar um registro da memória de meu pai. É muito feio. É perverso. Doentio. Eu bloqueio mais uma vez", Disse Bonner na legenda do print  que monstra quem é o hater que está o perturbando.

William Bonner rebateu hater após comentários maldosos em seu Instagram
Reprodução Instagram
William Bonner rebateu hater após comentários maldosos em seu Instagram

Preocupado, o jornalista continuou:"Será que essa criatura tem alguma interação com seres humanos no mundo real? Ou se trata de alguém profundamente doente e só?  Será que essa agressividade desmedida se esgotará? Ou devo dar atenção à ameaça de me agredir fisicamente na rua?".

Resiliente, William Bonner concluiu:"A gente costuma acreditar que o desprezo é a arma adequada contra haters. Mas, hoje, ao me deparar com os comentários na foto de meu pai, essas questões todas ganharam dimensão, pra mim. E achei que talvez fosse o caso de provocar alguma reflexão entre os que acham que pra tudo existem limites. Ou deveriam existir. Segue o jogo".

A pessoa me insulta desde o anúncio do fim de meu casamento, há ano e meio. Eu a bloqueio. A pessoa cria outro perfil. E insulta meus seguidores em comentários infantis, mas grosseiros. Eu bloqueio. A pessoa cria outro perfil. Manifesta o desejo de que eu morra. E de forma lenta e dolorosa. Alguns seguidores ficam horrorizados, envolvem-se em discussões, acabam sendo desrespeitados. Eu a bloqueio. E bloquearei sempre. É do jogo. E a pessoa cria mais um perfil pra ultrapassar todos os limites, ao desrespeitar um registro da memória de meu pai. É muito feio. É perverso. Doentio. Eu bloqueio mais uma vez. A vigésima-terceira, se não errei as contas. Talvez tenha sido a vigésima-nona. Mas compartilho uma preocupação. Será que essa criatura tem alguma interação com seres humanos no mundo real? Ou se trata de alguém profundamente doente e só? Será que essa agressividade desmedida se esgotará sempre no ambiente caótico de um espaço pra comentários? Ou devo dar atenção à ameaça de me agredir fisicamente na rua? Será que sou o único alvo da ira patológica dessa pessoa? Ou ela cria perfis fakes seguidamente pra perseguir outras? A gente costuma acreditar que o desprezo é a arma adequada contra haters. Mas, hoje, ao me deparar com os comentários na foto de meu pai, essas questões todas ganharam dimensão, pra mim. E achei que talvez fosse o caso de provocar alguma reflexão entre os que acham que pra tudo existem limites. Ou deveriam existir. Segue o jogo.

A post shared by realwbonner (@realwbonner) on

Leia também: Mais performático, William Bonner tira o “Jornal Nacional” da mesmice

Com apenas duas horas no ar, a publicação de William Bonner já ultrapassou os 50mil likes no Instagram e vem acumulando comentários de apoio: "Não se abale, essas pessoas são doentes", disse um seguidor. "Chame a polícia, coloque no xadrez", disse outro. "Infelizmente as pessoas perderam a noção do respeito e limite", concluiu um terceiro. Até o momento, o jornalista não se posicionou se vai levar a medida além ou se ficou satisfeito publicando o print que mostra o iD do hater. No entanto, mas seus fãs já tem uma posição: justiça!

    Leia tudo sobre: Instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.