Tamanho do texto

O ator faleceu na última segunda-feira (8), após ficar internado no hospital municipal Ronaldo Gazolla, no bairo de Acarai, zona norte do Rio de Janeiro

Morreu na última segunda-feira (8), aos 84 anos, o ator Henrique César. Ele estava internado no hospital municipal Ronaldo Gazolla, no bairro de Acari, zona norte do Rio, com uma pneumonia e metástase de um carcinoma, mas tratava de um câncer no estomago.

Leia também: Acusado de assédio sexual, Michael Douglas se diz perplexo com "mentira"

Henrique César morre no Rio de Janeiro aos 84 anos
Henrique César
Henrique César morre no Rio de Janeiro aos 84 anos


Henrique César faria aniversário na próxima quinta-feira (11) e interpretou o médico Dr. Moretti na novela "Páginas da vida". A informação de sua morte foi confirmada pelo filho do ator, Ricardo Nimitz, no Facebook.

Leia também: Tentando emagrecer, Bruna Marquezine descobre problema de saúde

"Eu, Ricardo Nimitz De Souza Oliveira, lamento informar a todos que meu querido pai e ator Henrique César acabou de falecer no Rio de Janeiro as 15h15 no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari", escreveu ele na rede social.


Velório

O velório de Henrique César foi realizado nesta quarya-feira (10), na Capela Histórica do Cemitério Ordem Terceira da Penitência ao lado do Cemitério do Caju, no Rio. Depois. Aidna de acordo com o filho do ator, a partir das 14 horas ele seria cremado no Crematório São Francisco Xavier.

"Comunico a todos que o velório do meu querido pai Henrique César será realizado amanhã, no dia 10 de janeiro, na Capela Histórica do Cemitério Ordem Terceira da Penitência ao lado do Cemiterio do Caju, das 08h às 13h, no Rio de Janeiro.
A cremação será às 14h no Crematório São Francisco Xavier", escreveu.

Leia também: Heidi Klum deixa seio à mostra em ensaio para revista de moda

Carreira

O ator estreou na TV em 1964 , em "Ilsa", ele esteve no elenco de "Morde e Assopra", "A Vida da Gente", "Passione" "Malhação", "Caras e Bocas", "Beleza Pura", entre outras produções. Seu último trabalho foi em 2015, quando ele fez uma participação em "Babilônia".

Já no cinema, ele coleciona mais de dez filmes, entre eles "Memórias Póstumas", em 2001, que foi seu último trabalho nas telonas, "Elite Devassa", "Viúvas Precisam de Consolo", "Cinco Vezes Favela", "Couro de Gato" e "Vou Te Contar", seu primeiro filme.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.