Tamanho do texto

Falando sobre a questão do casamento entre pessoas do mesmo sexo, Gilberto Barros afirma que a minoria está vencendo a maioria

Gilberto Barros se envolveu em uma nova polêmica, que movimentou as redes sociais. Em uma entrevista aos youtubers do canal Não Ouvo , o apresentador - que está fora da TV desde 2015 -, atribuiu a atual falta de nacionalismo da população a temas como orientação sexual . A declaração, é claro, foi alvo de duras críticas na web.

Leia também: Gilberto Barros lamenta estar fora da TV e desabafa: "Preciso trabalhar"

Gilberto Barros se envolve em polêmica sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo
Divulgação/Rede Record
Gilberto Barros se envolve em polêmica sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo

A proposta de Gilberto Barros para "sanar" esse "problema" seria que todas as emissoras de TV e de rádio tocassem o Hino Nacional obrigatoriamente todos os dias, às 19h. "Temos que cultivar o verde e o amarelo, e ensinar nosso alunos isso. Hoje em dia, com essa desculpa de liberdade, a minoria está vencendo a maioria brasileira, o que é uma hecatombe. O poste faz xixi no cachorro. A banana come o macaco. A gente está achando que é natural ser veado ou sapato. O respeito a homossexualidade deve ser absoluta. Agora, não venham me dizer que tenho que pensar diferente, pois a liberdade que tenho é de pensamento e expressão", afirmou.

Leia também: Gilberto Barros: “Posso me dar ao luxo de não trabalhar”

Ele ainda disse que não concorda com o homossexualismo, e que acredita que não é normal. Para o apresentador, o normal seria um casal heterossexual. "Tenho grandes amigos homossexuais, mas eles sabem que não acho normal ser homossexual. Temos que perder a hipocrisia! A homofobia tem que ser combatida, mas tem que se prestar atenção no que, de fato, é isso. Homofobia não é o que estou dizendo aqui. Pelo contrário, estou defendendo os homossexuais aqui. Minhas amigas lésbicas sabem que as defenderei até debaixo da água! Mas não me obriguem a achar que é normal. Homem é homem. Mulher é mulher", disse.

Leia também: Demitido, Leão Lobo dispara: “Terceira vez que evangélicos cruzam meu caminho”

Para completar a polêmica, o apresentador Gilberto Barros, que apresenta o "TV Leão" no Youtube, afirmou que está fora da TV convencional por opção e que não tem vontade de fazer os programas que lhe foram propostos até o momento. Assim, ele só irá voltar à TV quando tiver vontade.