Tamanho do texto

Romário de Oliveira relembra o frisson Ana Paula Saad na Playboy e mostra que uma das angels da Victoria´s Secret tem uma mãe capa de revista

Ana Paula Saad aconteceu na Playboy
Arquivo pessoal
Ana Paula Saad aconteceu na Playboy

Até hoje, 18 anos depois, a modelo capixaba Ana Paula Saad comemora o sucesso após ser fotografada como Coelhinha da Playboy. Ela brilha justamente em uma das duas edições brasileiras que estão no ranking das cinco revistas que mais venderam entre todos os países que editam a revista e a segunda mais vendida no Brasil.

Bastidores de Playboy: 15 curiosidades sobre ensaios históricos da revista

"Tive a sorte de ser Coelhinha justamente na edição com a Suzana Alves, a Tiazinha na capa!", comemora Ana, uma das estrelas da edição de março de 1999. "Tive muito destaque e popularidade depois que posei pra Playboy", revela a Coelhinha, piscando os fascinantes olhos claros. Antes de posar nua, tudo não passava de um sonho... "Eu ficava olhando as fotos das minhas musas Monique Evans e Luma de Oliveira e pensava: 'um dia será a minha vez de posar pra Playboy!", sorri. 

Leia também: Bastidores de Playboy: Carla Perez segura o tchan e Luciana Vendramini chora

Ana Paula Saad
Arquivo pessoal
Ana Paula Saad

Eu me sinto honrado em ter descoberto essa beldade em um casting (seleção). Lembro que, no dia, dezenas de modelos foram à redação, mas Ana tinha algo a mais... Impossível não aprová-la. "Estou em São Paulo faz pouco tempo", revelou a garota falante indicada por uma grande agência de modelos. Fiz o convite e ela foi taxativa: "Claro que topo! Embora seja foto de lingerie, nunca tive vergonha de me despir. Adoro mostrar o que Deus me deu de melhor: o meu corpo", sorriu.  

"Posar nua é uma arte. E poucas mulheres são capazes de dominar essa arte!" Ana chegou com tudo: apareceu na revista como Coelhinha e as portas se abriram: campanhas publicitárias, comerciais de TV, capas de revistas de beleza e, com o sucesso, convite para estrelar um novo ensaio da revista. Dessa vez, nua. "Sou muito grata a Playboy", debulha-se a modelo que hoje é apresentadora de um programa de entrevistas no youtube chamado "Agito na TV".

Leia também: Bastidores de Playboy: Ex-coelhinha da revista é a vovó mais gata do Brasil

Se a agitada modelo posaria nua novamente? "Hummm... Quem sabe um terceiro ensaio para fechar a carreira com chave de ouro, hein? Nunca é tarde para sonhar", fala com bom humor. "Realmente, quando se acredita e se corre atrás os sonhos acontecem. Claro, melhor ainda quando se tem a ajuda dos anjos em forma de gente. E o meu anjo foi você meu querido Romário de Oliveira. Conseguiu proporcionar a realização do meu grande sonho!"

Lily Aldrige
Reprodução
Lily Aldrige

E por falar em anjo... Você sabia que Lily Aldrige, angel da badalada marca de lingeries Victória's Secret é filha de Laura Lyons que estrelou a capa da edição brasileira de Playboy em junho de 1979, quando finalmente a revista conseguiu driblar a censura e começou a publicar fotos "proibidas" por causa da nudez? Na capa, ela aparece nua, exibindo um belo par de seios! A revista comemora: "Liberada sem cortes as fotos ousadas que você não podia ver".

Trinta anos depois, Lily estreia na passarela do Victória's Secret Fashion Show. Já em 2015, a "filha da mãe", nesse caso, Lily, modelo de sucesso internacional, desfila cobrindo os seios com o badalado Fantasy Bra, o milionário sutiã fabricado com muitas pedras preciosas, avaliado em 2 milhões de dólares. Hoje, ela é uma das angels oficiais da marca de lingeries mais famosa do mundo. É, nunca é tarde para sonhar... Com ou sem sutiã!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.