Tamanho do texto

Nilza Monteiro tinha um sonho: sair na capa da Playboy. Mas ela não queria exibir seu derrière na capa da revista e nosso colunista teve que intervir

“Mostrar o meu bumbum na capa, NÃO!”. Tarde fria, a equipe de Playboy está no estúdio da editora Abril, no Brooklin, em São Paulo, pronta para produzir mais uma capa, dessa vez com a modelo Nilza Monteiro , após insistentes pedidos dos leitores. Nilza posou pela primeira vez como Coelhinha ao lado da hoje apresentadora Adriane Galisteu na edição de março de 1993. Agora, ela se prepara para estrelar a capa de setembro de 1995, e com
tratamento 100% VIP. Mas chorou porque não queria mostrar a bunda na capa.

Leia também: Ex-Playboy relembra bastidores da revista em nova coluna no iG

Nilza Monteiro na Playboy
Reprodução/Playboy
Nilza Monteiro na Playboy


A polêmica do bumbum

Como assim? A Miss Bumbum não quer mostrar a bunda? A pedido das produtoras, corri para o estúdio: "Sua amiga não quer fotografar mostrando o bumbum na capa. Vem aqui..." Nilza foi a primeira modelo que eu descobri para Playboy . Dizem que ela nasceu com o bumbum virado pra lua, mas foi com a bunda bem exposta ao sol que foi aprovada pela revista, numa foto feita pelo marido.

Leia também: Das telas para a imaginação: relembre 25 atrizes que posaram nuas na Playboy

Ela me enviou um ensaio deitada no capô de um carro, de biquíni amarelo, exibindo o bumbum perfeito. "Romário, me ajuda a convencê-los a não tirar a parte de baixo do biquíni. Vai ficar vulgar mostrar a minha bunda logo na capa...", resmungou com lágrimas nos olhos. Minutos depois, enquanto ela circula de um lado para o outro enfiada em um biquíni prateado, lembrei da história que o hoje apresentador Luciano Huck me contou na minha primeira semana de trabalho na redação da revista – onde o seu padastro, o saudoso Mário de Andrade era diretor; quando ele trabalhou com o fotógrafo J.R. Duran e viu a Luiza Brunet nua... Luciano estava certo, situações como aquelas pareciam um sonho... Eu, que durante anos fui leitor assíduo da revista, estava ali, ajudando a convencer a minha primeira “descoberta”, uma ex-bóia-fria a se despir para ser fotografada.

Leia também: Relembre 25 ex-BBBs que perderam a vergonha e posaram nuas em revistas

Nilza Monteiro e seu derrière na capa da Playboy
Divulgação
Nilza Monteiro e seu derrière na capa da Playboy

Agora o fotógrafo está concentrado na luz, as produtoras e o maquiador Cacá Moraes (hoje badalado) pararam para comer um lanche, próximo a uma mesa repleta de lingeries, acessórios e sandálias, e eu ali com a Miss Bumbum, caminhando de um lado para o outro do estúdio, no mesmo cenário que, diga-se de passagem, segundo alguns funcionários, a apresentadora Xuxa circulou nua quando fotografou para Playboy o ensaio que o rei Pelé quase proibiu.

Nilza Monteiro está quieta, pensativa. Faz beicinho, escolhendo um novo biquíni na expectativa das produtoras esquecerem “daquela” foto nua: "Não sei pra que elas trazem tantas roupas se querem mesmo que eu apareça pelada na capa. Daqui a pouco vão querer que eu mostre a 'perereca'!!!" PERERECA? Se você está se perguntando o que vem a ser uma perereca, eu explico: na linguagem delas era o órgão genital feminino. Entre uma entrevista e outra para as seções da revista, era muito comum ouvir comentários do tipo: “não quero fotografar fazendo poses que deixem a 'perereca' muito a mostra”.

Tinham até as que comentavam a edição do mês e faziam elogios às pererecas das outras: “A Xuxa nasceu com a bunda virada pra lua, não? Até a 'perereca' dela é bonitinha. Loirinha, delicadinha...” Tinha também as que se assustavam com outros ensaios, como o que a atriz Cláudia Ohana fez, publicado em janeiro de 1984. “Meu Deus! Nunca vi uma 'perereca' tão cabeluda como essa...” Deve ser por isso que aquela foto da apresentadora Adriane Galisteu [publicada em agosto de 1995] se depilando causou tanta polêmica... Mas, deixemos as “pererecas” de lado e voltemos ao belo bumbum bronzeado de Nilza Monteiro que
continua tensa no estúdio.

Agora ela está enfiada em um roupão, falando ao telefone: "Está tudo bem, fora o fato das produtoras quererem que eu mostre a bunda na capa!" A voz masculina que vem do outro lado da linha faz a modelo sorrir e por um momento parecer feliz por estar realizando o seu grande sonho. Essas mulheres...

Enquanto Nilza sonhava ver a sua imagem estampada na capa da revista por todo o Brasil, um sonho fez a atriz Carolina Dieckmann desistir de ser fotografada nua em cima da hora – e por um cachê milionário. A linda global, depois das negociações, na noite anterior à assinatura do contrato, sonhou com um homem sentado numa cadeira, dizendo para ela não posar nua, porque futuramente poderia se arrepender. “Sonhei com um homem que me lembrava muito Deus com barba branca e grande me dizendo : 'não faz'.

Romário de Oliveira e a miss bumbum
Arquivo pessoal
Romário de Oliveira e a miss bumbum

No dia seguinte eu liguei para minha empresária e falei 'não vou pra reunião'” Uma pena, pois em dezembro de 1996, Carolina confessou na seção "20 Perguntas" que em algum momento ela iria fazer. “A hora de fazer vai existir – e, se for pra fazer, quero que seja o mais bonito possível.” Ao contrário de Carolina, Nilza sabia muito bem o que queria, pois seria o passaporte que ela precisava para ficar famosa. E tinha o apoio da família e do marido, que pela conversa ao telefone, pelo visto concordava com a exposição do belo bumbum da esposa na capa. Quanta confusão por causa de uma bunda, não? Mas é bom que se resolva porque esta parte do corpo feminino sempre foi muito levada a sério pelos leitores. Para você ter uma ideia, o concurso “Troféu Bumbum 1998” teve a participação de 137.455 leitores durante 29 dias.

Quase sete horas da noite. Chegou o grande momento: Nilza está sob os cuidados do cabeleireiro e do maquiador: “Ficou incrível!”, elogia Cacá Morais, expert profissional na arte de deixar mulheres bonitas ainda mais belas. Enquanto ela recebe mimos das produtoras que passam óleo em seu corpo bronzeado com pelinhos loiros nas coxas, o fotógrafo parece concentrado rabiscando algo em uma folha de papel.

Será a bunda da modelo? Não é de se estranhar, pois, segundo Adriane Galisteu, isso pode ser comum entre os profissionais da fotografia. Galisteu confidenciou em uma entrevista publicada em Playboy quase dois anos após posar nua (fevereiro de 1997) que flagrou Duran rabiscando algo em uma folha de papel: “Nós fomos para a Grécia e, mal chegamos lá, o Duran se isolou do grupo. Aí eu o vi desenhando. Quando ele me viu escondeu os desenhos, mas agora vou entregar... Ele estava desenhando as cenas como queria fotografar do dia seguinte em diante!” .

Leia também: Relembre 25 ex-BBBs que perderam a vergonha e posaram nuas em revistas

A sessão de fotos começou, Nilza está mais sensual do que nunca, enfiada em um biquíni prateado. Seduz as lentes do fotógrafo e quase nem precisa de direção: "Isso! Está linda! Faz esse rostinho de novo. Linda!!!" A situação e a sintonia entre a modelo e o fotógrafo chegam a excitar, o que só vai favorecer o trabalho. Bob Wolfenson, papa da fotografia revelou em entrevista para Playboy que na sua vasta experiência com modelos e estrelas que fotografou nua, ficou uma bela lição sobre o universo feminino. “Tem de tudo. Desde aquela mulher que posa só pelo dinheiro, bem objetiva, até aquela que tem tesão em ser fotografada. Você percebe que ela tem prazer.”. Bob contou que quando clicou a atriz Cláudia Alencar (em março de 1987), ela tomava umas vodcas, ouvia Janis Joplin e revirava os olhos, como se estivesse excitada com a situação. “A câmera tem um pouco essa representação fálica, de penetração, né?”, disfarçou.

Leia também: Elas não mudaram nada! 30 anos depois, modelos recriam suas capas na Playboy

Chega de conversa: hora de tirar a parte de baixo do biquíni. Nilza olha para mim, cabisbaixa... Ela ainda resiste em mostrar a bunda. “Meu Deus! Como está difícil realizar esse sonho!”, resmunga com as mãos na cintura. Por um minuto, ela fica quieta, pisca para mim, se aproxima e fala baixinho, com lágrimas nos olhos: "Tive uma ideia! Vou fazer cara feia em todas as fotos para nenhuma ser aprovada".

Minutos depois, lá está a Miss Bumbum sendo fotografada e empolgada com os elogios do fotógrafo que entre um clique e outro berra: “Linda! Isso... Mostra essa bunda linda!” A produtora, pede um tempo para tirar a parte de baixo do biquíni que Nilza está usando, o maquiador aproveita para retocar o batom, enquanto a modelo passa óleo no bumbum para ficar, digamos, ainda mais brilhante. "Está sensacional!", berrou o fotógrafo com um olho no bumbum e o outro na câmera. "A 'minha' lordose ajuda!" Disfarça Nilza, modesta, após ouvir elogios.

Leia também: Luciana Vendramini publica foto inédita de ensaio para "Playboy" aos 17 anos

Mais uma sessão de fotos encerrada e tudo realizado com sucesso. Todos comemoram, inclusive eu. Aplausos! Ela coloca o roupão e corre para me abraçar: "Você fez cara feia?", perguntei. Ela sorriu: "Empolgada, acabei esquecendo. Mas realizei o meu sonho!". Devolvi: "O seu sonho e o de milhares de brasileiros!". Gargalhadas.