Tamanho do texto

Em documentário sobre a sua vida, Chris Brown relembra relacionamento com Rihanna e admite que iria pedir a cantora em casamento; entenda

Depois de muitas fofocas e procedimentos judiciais, Chris Brown se abriu no documentário sobre sua vida “Welcome to My Life”. O rapper recorda o ápice e o fracasso de sua carreira que, ironicamente, aconteceu após o incidente em que espancou Rihanna, sua namorada na época. Segundo informações do portal The Hollywood Gossip , no documentário ele revela que pretendia pedi-la em casamento antes do caso de agressão e comenta que isso destruiu sua vida para sempre. “Me senti um monstro”, diz.

Leia também: Tragédia anunciada? Rihanna está pronta para reatar com Chris Brown, diz site

Chris Brown revela em documentário que pretendia se casar com Rihanna antes de espanca-la e terminarem por isso
Divulgação
Chris Brown revela em documentário que pretendia se casar com Rihanna antes de espanca-la e terminarem por isso


Relacionamento abusivo

Com uma vida conturbada, Chris Brown decidiu passar tudo a limpo no documentário “Welcome to My Life”, que estreou na última quinta-feira (8) nos Estados Unidos. Um dos principais assuntos do longa é sua relação com Rihanna . Ele conta no filme que os dois começaram a sair casualmente, até que as coisas ficaram mais sérias e começaram a namorar de fato. O rapper desabafou e disse que a amava tanto que queria pedi-la em casamento, mas as coisas saíram do esperado antes que pudesse fazer qualquer movimento.

Leia também: Após ser chamada de gorda, Rihanna rebate críticas com meme

O relacionamento caiu em desgraça quando Riri descobriu mensagens de um ex-affair do rapper em seu celular na noite da cerimônia do Clive Davis Grammy. Segundo ele no documentário, os dois discutiram intensamente até que ele lhe deu um soco no rosto, deixando marcas visíveis. O escândalo foi ouvido por um vizinho que chamou a polícia. No vídeo, Brown desabafa “de queridinho da américa eu passei a seu principal inimigo público [...] me senti um monstro”.

Leia também: Rihanna é alvo de protesto de ONG de direitos dos animais

Ainda segundo o The Hollywood Gossip , Brown comenta que ataques físicos entre eles e que constantemente precisavam encontrar desculpas para esconder a violência. No documentário o rapper admite que ficou depressivo após o episódio e teve vários problemas até conseguir seguir em frente, mas que o caso destruiu completamente sua carreira em ascensão. No trailer sua mãe comenta que esse foi o pior dia da vida do rapper. Atualmente, há rumores de que Chris Brown e Rihanna ainda trocam mensagens apesar de todo o histórico negativo que há entre os dois.

    Leia tudo sobre: Rihanna