Tamanho do texto

Susllem Tonani relatou que foi assediada pelo ator de "A Lei do Amor" durante meses e conta que ele chegou a pegar a força em sua genitália

"Eu, Susllem Meneguzzi Tonani, fui assediada por José Mayer Drumond. Tenho 28 anos, sou uma mulher branca, bonita, alta. Há cinco anos vim morar no Rio de Janeiro, em busca do meu sonho: ser figurinista". É assim que Su Tonani começa a contar para o blog #AgoraÉQueSãoElas, do jornal  Folha de São Paulo , o assédio sofrido por ela.

Leia também: José Mayer é acusado de assediar funcionária da Rede Globo

Funcionária da Globo relata assédio de José Mayer
Reprodução/Globo
Funcionária da Globo relata assédio de José Mayer


José Mayer foi acusado de assediar a funcionária da Rede Globo no início do mês, mas agora a figurinista resolveu publicar o assédio sofrido com o objetivo de mudar o paradigma. Segundo ela, tudo começou há 8 meses, quando o ator disse uma simples frase: "como você é bonita". Os elogios, comuns da parte dele no cotidiano de Su viraram rotineiros. "Do 'como você se veste bem', logo eu estava ouvindo: 'como a sua cintura é fina', 'fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho', “você nunca vai dar para mim?'.

A figurinista continua seu relato falando que passou meses envergonhada, mas que disse para o ator com palavras "exatas e claras" que não queria, que ele não poderia a tocar e que, caso ele a tocasse, ela iria ao RH. "Foram meses saindo de perto. Uma vez lhe disse: 'você é mais velho que o meu pai. Você tem uma filha da minha idade. Você gostaria que alguém tratasse assim a sua filha?'”.

Leia também: Sophia Abrahão revela ter sido assediada por diretor de TV

Em meio a desabafos, Su contou sobre mais um momento crítico dessa história. "Em fevereiro de 2017, dentro do camarim da empresa, na presença de outras duas mulheres, esse ator, branco, rico, de 67 anos, que fez fama como garanhão, colocou a mão esquerda na minha genitália". Segundo ela, as mulheres presentes não ficaram constrangidas com a situação e chegaram a rir da piada que José Mayer fez posteriormente. "Disse que esse era seu desejo antigo".

Depois desse dia, a funcionária diz que foi trabalhar rezando para não encontrar José Mayer acreditava que depois da mão em sua genitália, nada de pior poderia acontecer, até que os dois se encontraram em uma filmagem com 30 pessoas ele ameaçou toca-la novamente e, por fim, gritou: "vaca".

"Procurei quem me colocou ali. Fui ao RH. Liguei para a ouvidoria. Fui ao departamento que cuida dos atores. Acessei todas as pessoas, todas as instâncias, contei sobre o assédio moral e sexual que há meses eu vinha sofrendo. Contei que tudo escalou e eu não conseguia encontrar mais motivos, forças para estar ali", contou. Segundo ela, a empresa reconheceu a gravidado do ocorrido e prometeu tomar as medidas necessárias.

Em torno de uma hora após a publicação, o jornal Folha de São Paulo  retirou o relato de Susllem do ar. O texto permanece circulando pelas redes sociais. A reportagem do iG entrou em contato com o #AgoraÉQueSãoElas para saber o motivo da retirada da postagem do ar e não obteve retorno até o momento da publicação desta matéria . 

Entenda o caso

Segundo informações do colunista Léo Dias, do jornal O Dia , José Mayer teria “ameaçado, insultado e tocado à força a moça”. Entretanto, as acusações não pararam por aí, e outra funcionária teria pedido demissão depois de ter sido agarrada pelo ator à força no camarim, ainda segundo informações da coluna.

Leia também: Você sabia? José Mayer é pai da atriz Júlia Fajardo

Em resposta ao questionamento da reportagem do iG sobre o posicionamento da emissora em relação ao assédio de José Mayer, o departamento de Comunicação da Globo afirmou que “as relações entre os funcionários e colaboradores da Globo se dão em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. O desrespeito no ambiente de trabalho não é tolerado pela emissora. A Globo não comenta assuntos internos”.

Apesar das denúncias, o ator José Mayer chegou a negar que havia assediado sexualmente a colega de trabalho. Depois da publicação do relato de Tonani, José Mayer disse à Folha de S.Paulo que “Respeito muito as mulheres, os meus colegas e o meu ambiente de trabalho e peço a todos que não misturem ficção com realidade. As palavras e atitudes que me atribuíram são próprias do machismo e da misoginia do personagem Tião Bezerra, não são minhas". Ainda segundo o ator "Nesses 49 anos trabalhando como ator sempre busquei e encontrei respeito e confiança em todos que trabalham comigo".

Apesar de dar a sua posição sobre o caso, o relato ainda não foi suficiente para que o ator não enfrentasse retaliações da Rede Globo e a empresa afastou o ator da próxima novela de 2018 das 21h, escrita pelo dramaturgo de “Império”, Aguinaldo Silva. O afastamento do ator do elenco da novela “é uma atitude isenta e responsável da Globo de não dar visibilidade a uma das partes envolvidas numa questão que é visceralmente contra tudo que a Globo acredita. E não é uma atitude isolada. A atitude da Globo será sempre essa”, disse a emissora em nota. “A de defender que casos como esse devem ser apurados, ouvindo e oferecendo todo apoio às duas partes, dando possibilidade para que a verdade aflore e criando condições para que não se repitam. Foi isso que fizemos. E é isso que sempre faremos”, completa a mensagem.

Uma campanha realizada pelas atrizes globais e outras funcionárias de Rede Globo foi criada com slogan “Mexeu com uma, mexeu com todas”, que tomaram as redes sociais e fez com que muitas das globais utilizassem camisetas contra o assédio em ambiente de trabalho. Atrizes como Cissa Guimarães, Astrid Fontanelle, Luisa Arraes e Drica Moraes foram algumas das participantes do movimento.

Mais tarde, na última terça-feira (04), a Globo soltou uma nota afirmando que suspenderia José Mayer das atividades da emissora por tempo indeterminado e ainda declarou um pedido de desculpas à figurinista vítima do assédio sexual, ressaltando que os seus valores estão de acordo com a campanha criada pelas suas funcionárias.


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.