Rússia foi vetada do Festival Eurovision
Reprodução/Instagram
Rússia foi vetada do Festival Eurovision

A invasão russa da Ucrânia tem despertado uma onda de solidariedade mundial com país do Leste Europeu — que agora chegou ao mais tradicional concurso musical do continente. Nesta sexta-feira (4), os sites de apostas apontaram como favorita para vencer o Eurovision Song Contest 2022 a canção "Stefania", uma espécie de rap folclórico do grupo Kalush Orchestra. O evento vai ocorrer em Turim, na Itália, entre 10 e 14 de maio.

O primeiro artista escolhido para representar a Ucrânia era Alina Pash, mas a cantora acabou sendo desqualificada após denúncias de que teria falsificado documentos para visitar a Crimeia - região que era da Ucrânia até 2014, quando foi anexada pela Rússia.

Oficializada como candidata oficial, "Stefania", uma  homenagem à mãe de um integrante da Kalush Orchestra, foi galgando posições e desbancou "Brividi", balada de Mahmood e Blanco, vencedora do tradicional Festival de Sanremo. a representante da Itália no evento que possui uma audiência global superior a de eventos como Oscar ou o Superbowl, a final do futebol americano.


Segundo o site Eurovisionworld, "Stefania" tem nesta sexta 25% de possibilidade de vitória. Como a geopolítica é sempre um fator de importância deste concurso musical, é razoável supor que "Stefania" continue em destaque e tenha a preferência de muitos telespectadores quando chegar a hora - seria um tipo de "voto de protesto". Vale lembrar que, apos a invasão da Ucrânia, a Rússia foi banida da competição.

Leia Também

O que levanta uma questão logística: pelas regras do Eurovision, o país da canção vencedora recebe o evento no ano seguinte. Qual e em que condições estará a sede se "Stephania" vencer?


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários