Dublador do Wolverine morreu em decorrência de um enfisema pulmonar
Reprodução
Dublador do Wolverine morreu em decorrência de um enfisema pulmonar


Isaac Bardavid, dublador conhecido pelos trabalhos como Wolverine e outros personagens, morreu nesta terça-feira (1), aos 90 anos. Ele estava internado em Niterói, no Rio de Janeiro, tratando de um enfisema pulmonar.

Marco Riberio, dublador e amigo de Isaac, noticiou a morte dele. "Infelizmente nosso amigo Isaac não resistiu. Que Deus console a família, colegas e fãs. Mais um Grande Talento que se Vai! Excelente Ator! Vá em Paz, Amigo!", disse. 


No domingo (30), o perfil oficial do ator publicou o estado de saúde dele. "O quadro respiratório de Isaac teve uma leve melhora depois que os médicos colocaram na posição prona. A saturação melhor, mas ele segue entubado e inconsciente. Posição prona é de barriga para baixo. Dessa forma o pulmão fica mais aliviado, pois nenhum órgão está em cima dos pulmões fazendo pressão. Então, os pulmões ficam mais livres para trabalharem. O quadro geral dele ainda é bem grave, mas hoje tivemos essa boa notícia", explicou. 

Leia Também

Em 2017, Bardavid protagonizou uma cena que emocionou os fãs. Ele conheceu pessoalmente Hugh Jackman, ator que interpreta Wolverine, personagem que o deixou famoso. 

"Fico tocado, é um prazer conhecê-lo. As pessoas não têm ideia de quantas pessoas são necessárias para criar um filme. O senhor é parte desse amor dos fãs tanto quanto eu", elogiou Jackman, no programa de Danilo Gentilli. 

"Eu considerava a dublagem uma coisa menor. Mas diante da dimensão que a figura do Wolverine tomou, estou mudando meu conceito e vendo que a dublagem é uma coisa maior, um fenômeno", respondeu Bardavid. Veja o momento:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários