Jair Bolsonaro fez um pronunciamento para a imprensa e apoiadores no fim da tarde desta terça-feira (05). O que chamou a atenção foi que o presidente criticou a TV Globo , como de costume, mas dessa vez mandou uma indireta a Roberto Marinho - que morreu em agosto de 2003.

Leia também: Discurso de Bolsonaro alfineta Globo e é visto por mais de 11 milhões em SP

Presidente Jair Bolsonaro
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro


Leia também: Comentarista da Globo detona Bolsonaro: "Napoleão de hospício"

Na ocasião, Bolsonaro disse que convidaria Roberto Marinho para assumir uma vaga no Supremo Tribunal Federal "porque ele julga e condena em fração de segundos". No Twitter, até o ator Bruno Gagliasso ficou intrigado com a fala do presidente, já que o criador da emissora carioca não está mais vivo e, portanto, jamais aceitaria tal cargo ofertado pelo político. 

Leia também: Felipe Neto critica Bolsonaro: "Filho da put* nojento e podre"


O pronunciamento de Bolsonaro foi transmitido pela CNN . Enquanto isso, em diferentes momentos, o presidente demonstrou insatisfação com a cobertura da Globo nas últimas semanas, e fez questão de proferir provocações contra a emissora.

    Veja Também

      Mostrar mais