Estreou, nesta terça-feira (25), uma das maiores novidades do Carnaval de São Paulo, o Galo da Madrugada. O bloco é tradicional de Recife e na capital paulista desfilará nas imediações do Parque do Ibirapuera. 

Leia também: Carnaval 2020: confira famosas que desfilarão como Rainhas de Bateria

Galo da Madrugada arrow-options
Reprodução Globo
Galo da Madrugada

Leia também: Carnaval 2020: confira famosas que desfilarão como Rainhas de Bateria

O cortejo do Galo da Madrugada tem dois trios elétricos, um comandado por Gustavo Travassos, vocalista oficial do bloco, com participação da cantora Fafá de Belém, enquanto o outro contará com o cantor pernambucano André Rio.  

Leia também: Carnaval cancelado? Blocos desistem de desfilar em diversas capitais

O bloco no Parque Ibirapuera  tem quatro réplicas do famoso galo gigante, a mais alta com 4,5 metros de altura. O Galo da Madrugada original que desfila no Recife tem 28 metros.

Dezenas de milhares de pessoas acompanharam o Galo em São Paulo. Ao som de um repertório com muita música popular em ritmo de fervo, cerca de 500 dançarinos foram trazidos de Pernambuco para a festa. Com roupas coloridas e a sombrinha tradicional, todos faziam passos típicos. O bloco também ficou marcado por palavras de ordem contra Jair Bolsonaro, gritados em massa pelo público.

Segundo Rodrigo Menezes, vice-presidente do bloco, os galos vieram de Recife para São Paulo de caminhão. Segundo Rodrigo Menezes, vice-presidente do bloco, os galos vieram de Recife para São Paulo de caminhão em uma viagem que durou cinco dias. Depois do carnaval, a estrutura deve voltar ao seu lugar, mas ao que tudo indica estará de volta no Carnaval paulistano nos próximos anos.

Quem marcou presença no bloco foi Fafá de Belém, que sempre se apresenta no Galo, em Recife. A cantora se mostrou emocionada e agitou o público.


Nas redes sociais, alguns pernambucanos demonstraram insatisfação com a ido do bloco a São Paulo. "O maior bloco do mundo só tem em um lugar, e é no RECIFE, PERNAMBUCO ! o de são Paulo é só uma imitação barata", disse um rapaz. "Quem inventou essa porra de desfile do Galo da Madrugada em SÃO PAULO? Ele é NOSSO carai. Inventem suas coisas aí", disse outro.


A pernambucana Ana Paula mora em São Paulo há mais de 30 anos, mas lembra do Galo da Madrugada em Recife. Ela decidiu acomapnhar o bloco na capital paulista, mas achou "meio bagunçado" e sem muita animação.

ana paula arrow-options
Arquivo pessoal
Ana Paula é pernambucana, mas vive em São Paulo


    Veja Também

      Mostrar mais