Regina Duarte ainda não aceitou liderar a Secretaria Especial da Cultura do Governo Jair Bolsonaro e jogou a decisão para a semana. A atriz ganha na TV Globo  R$ 60 mil por mês e quando está no ar em alguma novela ou série recebe pelo menos R$ 150 mil. Se chefiar a Cultura do Governo Bolsonaro seu salário cairá para R$ 15.689,26 (total da remuneração após deduções), segundo a revista Veja

Leia também: Bolsonaro diz estar com saudade de Regina Duarte e brinca com "noivado"

Regina Duarte arrow-options
Divulgação
Regina Duarte




Leia também: Coronavírus causa prejuízo bilionário no cinema chinês; entenda

Regina Duarte foi convidada pelo presidente a assumir a Cultura no lugar de Roberto Alvim, demitido do cargo após fazer discurso com referências ao nazismo em um vídeo.  Ela seria obrigada a se desligar da TV Globo para ocupar o cargo público.

Leia também: Josias Teófilo quer convite oficial para ser secretário adjunto da Cultura

Plano B

Se ela declinar do convite, já há outros cotados para o posto como André Sturm, Secretário de Audiovisual do Governo Federal, o deputado federal Marcos Soares (DEM-RJ), filho do pastor Romildo Ribeiro Soares, o R.R Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus. O cineasta José Teófilo, que foi sondado para ser adjunto de Regina Duarte , também está no páreo para ser o número um da pasta.  O pernambucano já dirigiu filme sobre o ideólogo Olavo de Carvalho.

    Veja Também

      Mostrar mais