O enredo "A fé que emerge das águas” garantiu a Estácio de Sá o título de campeã em 2019. Além do retorno ao grupo especial, o desfile rendeu à escola de samba mais antiga do Brasil um documentário dos bastidores da construção da homenagem da Estácio ao Panamá que será lançado no próximo dia 24 na quadra da escola.

Leia também: Expectativa: quem são as grandes musas do Carnaval de 2020?

Cristo negro da Estácio de Sá
Reprodução/Instagram
Cristo negro da Estácio de Sá


O filme intitulado "Yo & Você - Carnaval do Mundo" é uma incursão audiovisual que fala das etapas percorridas para conceber e desenvolver a festa da Estácio de Sá na avenida e será lançado em noite regada a muito samba na quadra.

A obra é dirigida pelo cineasta venezuelano Tavo Chirivella sob a produção-executiva do pernambucano Henrique de Oliveira, responsável pela articulação da escola junto ao país caribenho e um veterano na produção de eventos culturais na Europa, África e América.

Você viu?

Leia também: João Bosco e Vinícius buscam holofotes com novo single

"A intenção é mostrar o que há por trás, o que não é glamoroso. O trabalho em equipe, a inclusão social, a geração de empregos, as pessoas que fazem o carnaval. Fomos ao barracão, à comunidade, às ruas", avaliou Henrique de Oliveira. 

Leia também: Faltando 126 dias para o Carnaval as musas mostram que já estão com samba no pé

O Cristo negro tão lembrado no desfile da Estácio de Sá também estará no documentário. "A crucificação do Cristo negro remete ao negro brasileiro escravizado, que passa martírio e romarias o tempo todo, tendo que provar que é bom. Quando ele vê a cena, se vê crucificado", disse o ator Evandro Machado, intérprete do personagem na comissão de frente.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários