Tamanho do texto

Na conclusão, o desembargador disse que a decisão é benéfica não só para a comunidade cristã, mas para toda a sociedade brasileira

Por determinação do desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível, a produtora Porta dos Fundos e a Netflix terão de retirar do ar o “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo”, divulgado na plataforma de streaming desde o final de dezembro. A decisão vem de encontro a um pedido feito pela Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura. Em primeira instância, o pedido havia sido negado.

Leia também: Em vídeo, suspeito de ataque chama humoristas do Porta dos Fundos de bandidos

Porta dos Fundos arrow-options
Divulgação
Porta dos Fundos


Leia também: Após polêmica, "Porta dos Fundos" confirma especial de Natal em 2020

Veja a conclusão do desembargador:

Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã , mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requerida.