Tamanho do texto

Indicada ao Grammy Latino, Assucena falou com o IG sobre sua participação em campanha mundial nas redes contra o crescimento do antissemitismo

Em meio aos crescente antissemitismo e ações de ódio contra o judaismo, a Agência Judaica dos Estados Unidos iniciou uma campanha para que todos os judeus do mundo levantasse a hashtag #JewishProud nas redes. A cantora brasileira Assucena, do grupo As Bahias e a Cozinha Mineira , foi uma dessas vozes que não se calou e manifestou todo seu apoio as raízes judias que sempre estiveram no seu lar.

Leia também: As Bahias e a Cozinha Mineira questionam o amor universal em novo álbum

Assucena arrow-options
Reprodução/Instagram
Assucena


"Eu sou judia, até me afastei por um tempo da religião por conta da minha transição [ela é uma mulher trans], mas senti necessidade de me aproximar ainda mais em um momento tão delicado para os judeus, principalmente dos Estados Unidos e da Europa, com o crescimento do antissemitismo de forma avassaladora. Então, eu não posso fechar os meus olhos para a minha comunidade em um momento que surge campanhas como essa, que pregam o orgulho judeu", disse Assucena para o IG Gente

A artista contou que na Alemanha alguns políticos pediram para que os judeus não fossem às ruas com símbolos que remetessem à cultura judaica. "Isso mostra que estamos enfrentando um momento de esconder a nossa essência, a nossa fé, a nossa cultura e isso é uma forma de assassinar também. Mas, não vamos nos esconder!".

Leia também:  Mulheres negras urgem empoderamento feminino e lutam contra racismo pela música

E de fato Assucena não quer deixar suas origens morrer e por isso tem pensado e produzido projetos musicais ligados a cultura judaica. "Eu acabei de gravar um single com a Fortuna, uma cantora tradicional da comunidade judaica, e vamos lançar uma música de uma reza judaica cabalística “Aná Bechoach”. E pela primeira vez, eu vou publicar uma canção em hebraico."

Leia também: Angélica usa look "diferentão" para ir a evento judeu

Além disso, Assucena garantiu que 2020 será um grande ano para As Bahias e a Cozinha Mineira. "Ficamos muito felizes com a indicação para o Grammy Latino no ano passado e isso atiçou na gente a vontade de trazer um disco ainda mais potente esse ano. Teremos turnê internacional nos Estados Unidos, Europa, na América Latina, nós vamos vir com tudo."