Antes mesmo de estrear sua terceira temporada, “La Casa de Papel”, da Netflix, já era um dos assuntos mais comentados na internet e uma das séries mais esperadas da plataforma de streaming. Não sabe do que se trata? Tudo bem, nós te explicamos.

Leia também: Muito além de “La Casa de Papel”: confira outras séries espanholas da Netflix

La Casa de Papel
Divulgação/Netflix
La Casa de Papel


Para quem não conhece “ La Casa de Papel ”, a série conta a história do Professor, interpretado por Álvaro Morte, um homem misterioso que planeja o maior assalto do século. Com o plano de roubar a Casa da Moeda da Espanha, ele convoca oito pessoas com habilidades suficientes para realizar o crime e que não têm mais nada a perder.

Muita coisa acontece durante o crime, como o sequestro de pessoas que estavam, situações que parecem sair do controle, mortes inesperadas e até um caso de amor envolvendo o Professor e Raquel Murillo (Itziar Ituño), responsável pelas investigações do crime.

Leia também: Novo trailer de "La Casa de Papel" empolga com a volta da quadrilha

Agora, na terceira parte da série da Netflix , a história é outra! Os criminosos conseguiram fugir da polícia e Raquel decidiu viver o “amor bandido” ao lado do Professor, cujo nome verdadeiro é Sergio Marquina. Porém, as coisas saem um pouco do controle quando Rio (Miguel Herrán) é capturado pela polícia, desta vez em uma ilha onde ficou escondido por mais de dois anos ao lado de Tokio (Úrsula Corberó).

E se você não quer saber de spoilers, melhor nem continuar a leitura. Porque, abaixo, separamos os cinco melhores momentos (e que nos deixaram com os ânimos alterados) da terceira temporada da atração espanhola.

  • O retorno de Berlim


No fim da segunda temporada, uma grande dúvida pairou no ar: Afinal, Berlim (Pedro Alonso) morreu ou não morreu? Já no começo da terceira temporada, a confirmação veio! O irmão do Professor realmente morreu. No entanto, para a felicidade de quem se tornou fã do personagem, os momentos de flashback entre os irmãos são suficientes para os admiradores dele matarem a saudade.

Inclusive, nesta terceira parte, Berlim é muito importante, especialmente porque o plano de entrar em um banco da Espanha era do próprio criminoso, que explicou ao Professor como tudo funcionaria cinco anos antes, em Florença, na Itália.

  • Rio sendo preso


Logo no primeiro episódio, os fãs da produção espanhola passam por um verdadeiro susto. Depois de fugir da Espanha com a namorada, Tokio, Rio é capturado em uma ilha onde passou os últimos anos. Desesperado para falar com ela por meio de um telefone via satélite e que, teoricamente, não poderia ser rastreado, o rapaz acaba caindo em uma armadilha da polícia, que começou a perseguir os dois.

Leia também: Terceira temporada de "La Casa de Papel" deixa internautas extasiados

Sem ter pra onde fugir, Rio foi preso, enquanto Tokio conseguiu escapar e viajou de encontro ao Professor para a Tailândia, onde ele se escondia com Raquel. É a partir daí que o plano de assaltar os cofres públicos espanhóis recomeça.

  • Aikido


Na atração, a estratégia “Aikido” é usada para tornar a força do inimigo a favor deles. Então, o objetivo era se passar por membros do exército da Espanha, usando a guarda civil, o próprio exército e seguranças do banco para conseguirem informações para executarem o plano.

  • Morte falsa de Lisboa


Depois de toda a confusão envolvendo a polícia, os criminosos e o próprio crime, os investigadores espanhóis chegam a um dos principais alvos da operação: Raquel, que passou a usar o codinome Lisboa.

Presa em uma fazenda pelos donos do local que a reconheceram, a moça não teve opção que não fosse se render, já que a polícia chegou lá. Então, em um plano rápido, a inspetora Sierra (Najwa Nimr) pede que Suárez (Mario de la Rosa) finja que matou Raquel, para que o Professor “enlouquecesse” e se entregasse.

A cena gerou dúvidas entre o público, que não tinha certeza se ela havia morrido ou não. Então, ao ser levada por Suárez, ficou claro que ela continua viva.

  • O tiro de Nairóbi


Por último, mas não menos importante, fica uma das personagens mais queridas da atração: Nairóbi (Alba Flores). A inspetora Sierra coloca mais uma de suas ideias em prática e, desta vez, o alvo é Nairóbi.

Após entregar para a criminosa um ursinho de pelúcia (que a própria reconheceu) com um celular dentro, a inspetora avisou que gostaria de negociar e deixou claro que estava com seu filho.

No entanto, a cena de fica ainda mais tensa quando, pare verificar se era mesmo verdade, Nairóbi de aproxima da janela e atiradores de elite disparam contra ela. A personagem é atingida no peito e deixou a dúvida: será que ela morreu ou não?

Vale lembrar que essa e outras respostas estarão presentes na quarta temporada de “ La Casa de Papel ”, que já foi confirmada pela plataforma.

    Veja Também

      Mostrar mais