Tamanho do texto

Lendário integrante dos Rolling Stones integra o elenco de “The Burnt Orange Heresy”, thiller ítalo-americano que encerra o Festival de Veneza

A temporada de premiações e festivais está prestes a começar para as produções audiovisuais e, antes do Emmy em 22 de setembro, o Festival de Veneza vai tomar conta da agenda. Entre 28 de agosto e 7 de setembro, diversos filmes passarão pela cidade italiana, e o longa responsável por encerrar o festival já foi anunciado.

Leia também: Festival de Veneza é criticado por premiar produção da Netflix com Leão de Ouro

cena de The Burnt Orange Heresy arrow-options
Divulgação/Festival de Veneza
"The Truth" encerra o Festival de Veneza em setembro

“The Burnt Orange Heresy”, dirigido pelo italiano Giuseppe Capotondi, fechará o Festival de Veneza . Com um elenco colhido ao redor do mundo, o filme é protagonizado pela australiana Elizabeth Debicki e o dinamarquês Claes Beng. Mas o elenco estrelado ainda conta com Donald Sutherland e Mick Jagger .

Jagger não é novato no cinema , e já participou de produções como “Confissões de um Sedutor” (2001) e “A Forca Será Tua Recompensa” (1970). Neste ano, porém, ele teve que passar por uma cirurgia de emergência no coração, e chegou a ficar afastado dos palcos .

Com a saúde reestabelecida , ele deve participar do Festival ao lado do resto do elenco. Em “The Burnt Orange Heresy” ele vive um rico colecionador de obras de arte que contrata um casal (Debicki e Beng) para roubar uma obra-prima de um pintor (Sutherland).

cena de the truth arrow-options
Divulgação/3B PRODUCTIONS
"The Truth" abrirá o Festival de Veneza

O responsável por abrir o Festival de Veneza será “The Truth” dirigido pelo japonês Hirokazu Koreeda. O filme é estrelado por Catherine Deneuve, Ethan Hawke e Juliette Binoche e conta a história do reencontro de mãe e filha com um relacionamento turbulento.