Tamanho do texto

Sites estrangeiros e internautas acreditam que vídeo de Spirit foi plagiado de um trabalho do cantor sul-africano Petite Noir e do filme "Suspiria"

Lançado por Beyoncé, o clipe Spirit , para "O Rei Leão", levantou suspeitas de plágio por sites estrangeiros e internautas, nesta semana. O vídeo da popstar traz dezenas de semelhanças com o de Petite Noir, cantor sul-africano, e com o filme "Suspiria: A dança do medo".

Leia também: 5 coisas que o novo “O Rei Leão” tem e uma que não tem

Clipe de Beyoncé é apontado como plágio por sites e internautas arrow-options
Reprodução/Instagram/@beyonce
Clipe de Beyoncé é apontado como plágio por sites e internautas


Leia também: Beyoncé lança música inédita que integra a trilha sonora de "O Rei Leão"

Na web, internautas estão com as opiniões divididas: enquanto uns apontam plágio, outros opinam que Beyoncé se inspirou no trabalho do colega. Sites estrageiros como Hollywood Reporter  também tratam das semelhanças como plágio.

A diretora de fotografia do clipe La Maison Noir: The Gift and The Curse , do artista africano, Gabrielle Kannemeyer disse ter reconhecido suas referências no trabalho da musa do pop. "Obrigada por me chamar a atenção para isso", disse a profissional.

Spirit  é considerado o principal trabalho do álbum " O Rei Leão : O presente". Na web, os sites também ressaltam que a tradução do nome do clipe de Noir também tem esta expressão: "O presente e a maldição".

Leia também: "Estou em choque ": Beyoncé lança clipe de Spirit, música de "O Rei Leão"

Cena do clipe de Petite Noir arrow-options
Reprodução/Instagram/@petitenoirkvlt
Cena do clipe de Petite Noir

O vídeo de Petite Noir  , que tem quase dois milhões de visualizações no YouTube, encena poeticamente uma história baseada em cenários políticos da República Democrática do Congo, onde o pai do cantor era político antes de ser forçado ao exílio.

Ele também faz referência aos quatro elementos: fogo, terra, água e ar; e simboliza o renascimento, enquanto descreve os estágios de formação da vida do músico, com suas mudanças antes de fixar residência na África do Sul. 

Ver essa foto no Instagram

It looks like those 𝘚𝘶𝘴𝘱𝘪𝘳𝘪𝘢 costumes were just the tip of the iceberg. Here's a side by side comparison of @Beyonce 's "Spirit" + "Bigger" extended cut directed by Jake Nava vs. South African musician @petitenoirkvlt 's "La Maison Noir: The Gift and The Curse", directed by artist @rharha_nembhard and released in May 2018. With almost 2 million views on YouTube, the 17-minute film revolves around a cosmogram from Petite Noir aka Yannick Illunga's native Congo, referencing the four elements of fire, earth, water, and air. It also symbolizes rebirth. In the visual journey through the formative stages of the musician’s life, themes of resistance, migration and women’s rights are also explored. As founders of the Noirwave movement, husband/wife duo Illunga and Nembhard’s work seeks to write a new narrative of the contemporary experience, uniting all people of African descent, across the continent and beyond. Dieters and Beyhive that are about to go off in the comments, please remember to be constructive ❤️. • #beyonce #spirit #bigger #rharhanembhard #petitenoir #noirwave #southafrica #congolese #cosmogram #musicvideo #visualalbum #thelionling #jakenava #cinemtography #director #creativedirector #film #costumedesign #havasupaifalls #landscape #desert #waterfall

Uma publicação compartilhada por Diet Prada ™ (@diet_prada) em

No Instagram, o perfil de variedades Diet Prada chegou a fazer uma montagem comparando os dois trabalhos. O vídeo compartilhado na rede mostra que ambos os dançarinos usam roupas semelhantes, de cor azul ou laranja, e fazem poses poses similares.

Em outro momento,  Beyoncé exibe um véu que se assemelha a uma roupa usada em "La Maison Noir: O Presente e a Maldição". Também nas cenas com sua filha Blue Ivy, sete bailarinos vestem um figurino bem parecido com o da obra do cantor.