Tamanho do texto

O novo "O Rei Leão" estreia nos cinemas no dia 19 com grande expectativa por parte dos fãs do clássico de 1994, que estão com ingressos em mãos

“O Rei Leão”, lançado em 1994, foi um filme que mudou a vida daqueles que assistiram a produção da Disney, e isso significa que mudou a vida de muita gente mesmo, afinal, parece que todo mundo – literalmente – já viu o longa. Achar alguém no planeta Terra que nunca tenha visto a história de Simba e companhia é uma tarefa muito difícil e digo isso por experiência própria, mas Mayara Casarini faz parte dessa minúscula parte da população.

Leia também: 5 coisas que o novo “O Rei Leão” tem e uma que não tem

Cena de arrow-options
Divulgação/Disney
"O Rei Leão" foi lançado em 1994 e conquistou milhares de fãs pelo mundo


A jovem nunca assistiu “ O Rei Leão ” e já está cansada de ver a reação surpresa das pessoas quando ela conta isso. “Todos ficam chocados e quando percebem que eu realmente nunca vi o filme, dizem que eu não tive infância ou que não gosto de desenhos”, explica.

Ao contrário de Mayara, tem Camila Bierbaumer, de 27 anos, e Jonatan Barboza, de 28. Eles não só assistiram o clássico como já perderam a conta de quantas vezes viram o filme e, apesar de não lembrarem muito dos detalhes da época por conta da pouca idade, não pensam duas vezes antes de responder se foi amor a primeira vista: sim.

“Mesmo sem lembrar da primeira vez que eu assisti, eu sei que foi [amor a primeira vista], pois todas as vezes que a minha mãe ia na locadora, ela tinha que alugar ‘O Rei Leão’ para mim, se não eu não a deixava em paz”, relembra Jonatan.

Leia também:  “O Rei Leão” aposta em nostalgia para conquistar em versão realista

Com Camila não foi muito diferente, ela obrigava os pais a assistirem o filme com ela todos os dias e até hoje coleciona as fitas VHS. “Depois do lançamento do filme, fiz meu aniversário de 4 anos com o tema e se tornou uma das fotos mais especiais que tenho”, conta.

Camila durante aniversário arrow-options
Arquivo pessoal
Camila durante aniversário


Obviamente tanto Camila quanto Jonatan, de tanto assistirem o filme, já sabem todas as falas e agora estão ansiosos para a estreia da nova versão de “O Rei Leão”, na sexta-feira (19). Os dois já compraram seus ingressos exatamente para o dia 19 e não veem a hora, é claro. “Sinto que vou voltar a ser criança”, comenta a jovem.

Jonatan tem certeza absoluta que a nova versão do filme que tanto ama será incrível e, por isso, é a favor da nova produção. “Vendo o resultado de’ Mogli’ em live action, sei que a Disney não vai decepcionar”, acredita.

Expectativas

Cena de novo arrow-options
Divulgação/Disney
Cena de novo "O Rei Leão"


A expectativa para a nova versão de “O Rei Leão” é tão grande que até quem não gosta ou não assistiu uma das principais produções da Disney pretende assistir. Mayara nunca teve interesse no filme, mas as coisas parecem estar mudando. “Agora que voltaram a falar sobre [o filme] por conta da nova versão, até fiquei com vontade de vê-lo”, conta ela, que ficou sabendo da nova produção através das redes sociais.

Camila, com os ingressos em mãos, acha importante que a Disney mantenha a originalidade do filme por se tratar de um clássico, mesmo opinião de Jonatan. “Estou esperando que seja 100% fiel à animação de 1994, se for assim, tenho certeza que será espetacular”, diz o rapaz.

O momento mais esperado tanto por Jonatan quanto por Camila é quando o espírito de Mufasa fala com Simba. “Essa cena é muito emocionante”, relembra ela. Camila está também está curiosa para ver a cena em que Timão e Pumba vão lutar com hienas, além, claro, do momento em que os dois amigos ensinam seu lema, Hakuna Matata, para Simba. Os dizeres, inclusive, ficaram marcados na pele de Camila. 

Uma das tatuagens de Camila arrow-options
Arquivo pessoal
Uma das tatuagens de Camila

Mas e a cena da morte de Mufasa? Será que Camila e Jonatan estão preparados para ver? A resposta é não, nunca, impossível, e os dois concordam: chorar é inevitável.

Para os fãs do filme, qualquer que seja a parte favorita do clássico, ao longo do tempo eles foram percebendo que a história do longa vai muito além disso e tem uma lição de vida. “Ele mostra do começo ao fim a importância da gente como ser humano, descobrir quem realmente somos e superar todas as dificuldades da vida”, explica Camila.

Leia também: Donald Glover se veste de Simba para promover "O Rei Leão" na TV americana

Jonatan concorda. “Com passar do tempo a gente percebe que " O Rei Leão " é muito adulto, pois se você colocar pessoas, ao invés de animais, a história fluiria da mesma maneira, o filme é interessante do início ao fim”.