Gabriel Diniz morreu na tarde desta segunda-feira (27), porém, ele não foi o primeiro cantor da banda Cavaleiros do Forró - a qual integrou entre 2010 e 2011 - a morrer de forma trágica.

Leia também: Morte de Gabriel Diniz resulta em briga política no Twitter

Cavaleiros do Forró, formação com Gabriel Diniz
Divulgação
Cavaleiros do Forró, formação com Gabriel Diniz

Em 2004, uma colisão frontal entre dois ônibus — um deles com a banda — matou o vocalista José Inácio da Silva e o guitarrista Edvan Paulo. Em 2017, outro acidente automobilístico matou a vocalista Eliza Clívia, em Aracaju. Ela chegou a cantar com Gabriel Diniz

Leia também: Luto! Famosos prestam homenagem a Gabriel Diniz nas redes sociais

Você viu?

O Cavaleiros do Forró é uma banda de grande popularidade em seu segmento, com mais de 2,5 milhões de álbuns vendidos em 18 anos de carreira. O grupo já tocou em programas como "Domingão do Faustão", da Rede Globo , "Domingo legal", do SBT ,  e "Hebe", também do SBT .

O acidente de 2004 foi na BR-101,  na cidade de Goianinha, a 70 km de Natal. Nele, morreram, além do cantor José Inácio e Edvan Paulo, mais duas pessoas — 20 ficaram feridos. O grupo musical voltava de um show realizado na cidade pernambucana de São Caetano.

Na época, o empresário da banda explicou que os integrantes da Cavaleiros retornariam de Pernambuco no ônibus pertencente ao grupo, mas mudaram de ideia porque o veículo apresentou problemas mecânicos.

Leia também: Gabriel Diniz planejava fazer surpresa para a namorada, Karoline

Eliza, que chegou a cantar com Gabriel Diniz , morreu com o marido depois que o veículo na qual ela estava bater em um ônibus. Eles retornavam de uma entrevista — a cantora havia iniciado sua carreira solo poucos meses antes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários