Tamanho do texto

Trazendo ativismo para sua canção, cantora se aproxima do calor de 2019; Esta é a segunda faixa do novo projeto de Madonna, intitulado "Madame X"

Madonna lançou nesta sexta-feira (03) sua nova música, I Rise . Com alto teor político, a música, que faz parte do álbum "Madame X", chamou atenção por abordar assuntos frescos e trazer em seus primeiros segundos um discurso de Emma González, sobrevivente do massacre na escola da Flórida, onde 17 pessoas foram assassinadas.

Leia também: Som na caixa! Madonna, Shawn Mendes, Ludmilla, Logic e mais lançamentos musicais

Madonna
Divulgação
Madonna

"[eles dizem] que nós, crianças, não sabemos do que estamos falando, que somos jovens demais para entender como o governo funciona. Nós dizemos que  isso é besteira", entoa a ativista. Apenas após o discurso é que a voz de Madonna toma espaço na canção.

Leia também: Madonna reclama na Billboard em vídeo: "Serei homenageada por nada"

O discurso sublinha o teor político de uma canção que fala em resistência. Alguns versos, em tradução livre, como "Morri mil vezes. Consegui sobreviver. Eu não posso quebrar agora. Eu me levanto acima disso", foram retiradas de um discurso de Emma, no qual ela ataca veementemente a política armamentista de Donald Trump.

A Rainha do Pop sempre esteve interessada no hoje. Ou melhor, no mínimo no hoje — em muitos momentos de sua carreira, seu olhar e sua música miraram o amanhã. Ao trazer o ativismo jovem para a temática de sua canção ela se aproxima do calor de 2019.

Leia também: Valesca Popozuda se inspira em Madonna em novo clipe

I Rise é a segunda canção lançada do álbum " Madame X ". A primeira foi Medellín, parceria com o colombiano Maluma. Uma das faixas mais aguardadas do atual trabalho de Madonna é Faz Gostoso , que terá participação da cantora Anitta.

    Leia tudo sobre: músicas