Tamanho do texto

Os formatos da série são adaptados para TV, Youtube e plataformas de streaming, como o Looke; no Youtube o canal “Operação Policial” está com mais de 100 mil inscritos

A série “Operação Policial” foi lançada pela Medialand em 2009 e completa 10 anos este ano. Ao longo desse tempo, os 330 episódios produzidos acompanharam o trabalho da polícia brasileira contra o crime, filmando ao vivo as ocorrências sob a ótica dos policiais. Exibida em canais como Record, RedeTV!, TrueTV, Natgeo e Investigação Discovery a produção é considerada um sucesso na TV.

Leia também: “Animais Fantásticos – Os Crimes de Grindelwald” já está disponível no Looke

O que poucos sabem é que os episódios de “ Operação Policial ” também estão disponíveis no
Youtube e em canais de streaming como o Looke e o PrimeVideo. Agora, para comemorar os dez anos do programa no ar, a produtora Medialand, em parceria com a agregadora e distribuidora digital Encripta, querem fortalecer o título dentro desses canais.

A série
Divulgação
A série "Operação Policial" é um reality que acompanha o trabalho da polícia brasileira

“O programa fez um caminho de sucesso pela TV a cabo e aberta, tanto no Brasil como na
América Latina. Agora, focamos em ter esse título somente em  VoDs como Looke e PrimeVideo, e fomentar o público com um canal policial forte no Youtube”, conta Carla Albuquerque, criadora da obra e diretora geral da Medialand.

O que muda de um canal para o outro é o formato da série policial . Os conteúdos são
complementares, ou seja, o material que o fã vai assistir no Looke ou no PrimeVideo não é o mesmo do Youtube. “Cada veículo pede um formato. No Looke e PrimeVideo, os episódios têm no mínimo 45 minutos e trazem a operação inteira, já no Youtube focamos na ação – da perseguição à prisão”, explica Carla.

Apesar de o projeto ser recente, o canal do Youtube já está com 105 mil inscritos e quase 15
milhões de visualizações. Vídeos novos são disponibilizados duas vezes por semana, às segundas e quintas-feiras, às 9h. No Facebook, a página da série já chega a 120 mil curtidas.

Além do conteúdo de realidade, o canal trará material de outros títulos da produtora que também falam da polícia. “Vamos exibir as entrevistas na íntegra de delegados, peritos, legistas e psiquiatras forenses que participam do ‘Investigação Criminal’ (Netflix e SBT) e do ‘Anatomia do Crime’ (Investigação Discovery e SBT)”, revela Beto Ribeiro, produtor executivo, diretor e roteirista da Medialand. “A base tem que ser policial, mas a forma de fazer pode – e deve – variar. Pode ser humor, entrevistas, documentário e até ficção”, complementa Carla.

Então, se você é fã de “ Operação Policial ”, já pode assistir ao programa em formatos diferentes do que está acostumado na televisão. Acesse o Looke e se inscreva no canal do Youtube .

    Leia tudo sobre: youtube