Naquela que foi a categoria mais surpreendente da noite, a inglesa Olivia Colman superou o favoritismo de Glenn Close e levou o Oscar para casa por seu papel em "A Favorita". Esta foi a primeira indicação da atriz que impôs a rival a sétima derrota. Close, assim, ampliou a própria marca como a maior derrotada entre as atrizes no Oscar. Ela é seguida de perto por outra derrotada da noite, Amy Adams ostenta seis indicações e nenhuma vitória.

Leia também: "Roma" garante 1ª vitória do México na categoria de Filme Estrangeiro

undefined
ABC
Olivia Colman triunfou na categoria de Melhor Atriz por "A Favorita"

Leia também: Lady Gaga ganha Oscar por Shallow e faz discurso emocionado e inspirador

Glenn Close era a favorita na disputa por sua atuação em "A esposa". Ela ganhara no Globo de Ouro de Atriz dramática, no SAG e no Critic´s Choice Awards, mas sua rival também triunfara no Globo de Ouro de Comédia, no Bafta e no Festival de Veneza. Compunham, ainda, a categoria a mexicana Yalitza Aparício por "Roma", Melissa McCarthy ("Poderia me Perdoar?") e Lady Gaga ("Nasce uma Estrela"). 

Leia também: Oscar rechaça Netflix, mas se rende a Cuarón em edição de tendências opostas

Generosidade

Visivelmente surpresa, Colman fez questão de homenagear sua "ídola" Glenn Close. "Essa realmente não era a forma como eu imaginava que seria. Você foi minha ídola por toda a minha vida". A atriz dedicou seu prêmio a todos os jovens aspirantes à profissão.

    Veja Também

      Mostrar mais