Tamanho do texto

Atriz de "A Favorita" superou o favoritismo de Glenn Close e levou o Oscar por seu papel da rainha insegura do filme de Yorgos Lanthimos

Naquela que foi a categoria mais surpreendente da noite, a inglesa Olivia Colman superou o favoritismo de Glenn Close e levou o Oscar para casa por seu papel em "A Favorita". Esta foi a primeira indicação da atriz que impôs a rival a sétima derrota. Close, assim, ampliou a própria marca como a maior derrotada entre as atrizes no Oscar. Ela é seguida de perto por outra derrotada da noite, Amy Adams ostenta seis indicações e nenhuma vitória.

Leia também: "Roma" garante 1ª vitória do México na categoria de Filme Estrangeiro

Olivia Colman triunfou na categoria de Melhor Atriz por
ABC
Olivia Colman triunfou na categoria de Melhor Atriz por "A Favorita"

Leia também: Lady Gaga ganha Oscar por Shallow e faz discurso emocionado e inspirador

Glenn Close era a favorita na disputa por sua atuação em "A esposa". Ela ganhara no Globo de Ouro de Atriz dramática, no SAG e no Critic´s Choice Awards, mas sua rival também triunfara no Globo de Ouro de Comédia, no Bafta e no Festival de Veneza. Compunham, ainda, a categoria a mexicana Yalitza Aparício por "Roma", Melissa McCarthy ("Poderia me Perdoar?") e Lady Gaga ("Nasce uma Estrela"). 

Leia também: Oscar rechaça Netflix, mas se rende a Cuarón em edição de tendências opostas

Generosidade

Visivelmente surpresa, Colman fez questão de homenagear sua "ídola" Glenn Close. "Essa realmente não era a forma como eu imaginava que seria. Você foi minha ídola por toda a minha vida". A atriz dedicou seu prêmio a todos os jovens aspirantes à profissão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas