Tamanho do texto

Segundo o IML, vítima já havia morrido antes de ser exposta ao fogo; Exame detectou concentração abaixo de 10% de carboxihemoglobina no sangue

Nesta sexta-feira (15) a GloboNews teve acesso ao laudo do Instituto Médico Legal que aponta o motivo da morte de Ricardo Boechat, de 66 anos, que morreu na última segunda-feira (11). Segundo o documento, o jornalista morreu em decorrência de politraumatismo causado pela queda do helicóptero e colisão com um caminhão na alça de acesso do Rodoanel com a Rodovia Anhanguera, em São Paulo.

Leia também: Desafio! Como o “Jornal da Band” se manterá sem Boechat?

motivo da morte de Ricardo Boechat é divulgado pelo Instituto Medico Legal
Divulgação / Band
motivo da morte de Ricardo Boechat é divulgado pelo Instituto Medico Legal

De acordo com os exames, não foram encontrados sinais de fuligem na traqueia nem nos pulmões de Ricardo Boechat . Além disso, a dosagem de monóxido de carbono detectou uma concentração abaixo de 10% de carboxihemoglobina no sangue, o que, segundo o IML, indica que a vítima já havia morrido antes de ser exposta ao gás originado pelo fogo.

Leia também: História de orquídea registrada com o nome de Ricardo Boechat comove o Twitter

No corpo do jornalista da Band foram indicados sinais de traumatismo torácico e abdominal, o que caracterizou o politraumatismo - trauma físico ou lesão extensa produzida por ação violenta, de natureza física ou química.

O piloto do helicóptero Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente. O motorista do caminhão teve ferimentos leves.

A emissora de televisão  GloboNews teve acesso às imagens do circuito de segurança da CCR Rodoanel, concessionária responsável pelo trecho da estrada, e pode ver o alguns momentos do incidente.

De início, nas imagens obtidas, a arenave passa entre dois viadutos do Rodoanel Mário Covas que ficam sobre a Anhanguera. O caminhão atingido pela aeronave também aparece. A colisão, no entanto, não foi registrada. Nos momentos seguintes, uma fumaça  surge no vídeo.

Leia também: Desafio! Como o “Jornal da Band” se manterá sem Boechat?

O corpo de Ricardo Boechat foi velado na última segunda-feira (11), no Museu da Imagem e do Som, na zona Oeste da cidade de São Paulo. Famosos e anônimos prestaram homenagens ao jornalista da Band . A cerimônia de cremação aconteceu na última terça-feira (12) no Cemitério Horto da Paz, localizado em Itapecerica da Serra, na território da Grande São Paulo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.