Tamanho do texto

Esvaziado, primeiro painel da Netflix na CCXP 2018 teve Andy Serkis como astro absoluto. Britânico atendeu fãs pelos corredores da feira

Andy Serkis merecidamente ganhou um painel para chamar de seu na CCXP 2018. O britânico que revolucionou a indústria amadurecendo o performance capture veio ao evento para falar de “Mogli – Entre Dois Mundos”, lançado em mais de 190 países pela Netflix na sexta-feira (7).

Leia também: Com Tom Holland e Jake Gyllenhaal, Sony faz melhor painel da CCXP 2018

Andy Serkis na CCXP 2018
iG São Paulo
Andy Serkis na CCXP 2018

“Esse filme é simbolicamente meu primeiro, já que comecei a filmá-lo há cinco anos”, observa Andy Serkis, que oficialmente lançou “Uma Razão para Viver” em 2017 o consagrando como seu primeiro filme como diretor. Originalmente desenvolvido pela Warner Bros., “Mogli” foi adquirido pela Netflix no meio do ano em negociação que surpreendeu Hollywood. O diretor não falou a respeito disso no painel na CCXP 2018 .

Serkis, no entant, falou sobre muita coisa. Sobre como foi orientar atores do calibre de Christian Bale e Benedict Cumberbatch no processo de performance capture, do qual é referência suprema. Inclusive foi exibido um vídeo reforçando essa percepção. Outro vídeo exibido foi um making of com os bastidores da produção.

Leia também: CCXP 2018 tem passado, presente e futuro de "Os Vingadores"

Andy Serkis na CCXP 2018
CCXP/ Wesley Allen
Andy Serkis na CCXP 2018

O painel foi esvaziado muito em virtude do arrebatamento que o painel da Sony ofertou minutos antes com Tom Holland e Jake Gyllenhaal surpreendendo o público da CCXP 2018 . Andy Serkis, com toda sua elegância britânica, brindou quem topou assistir seu painel com um demonstração efusiva de paixão pelo cinema.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.