Tamanho do texto

O grupo recentemente lançou um novo trabalho, o disco "Um novo tempo", repleto de hits de sucesso e novas músicas de trabalho para os fãs

Se você viveu nos anos 80/90 deve se recordar dos famosos hit Inaraí , Mundo dos Sonhos, No compasso do criador  e  Cilada , músicas do grupo Katinguelê, atualmente composto pelos músicos Juninho, Udi, Téo, Mário, Nino e Gui, que está comemorando 35 anos de carreira esse ano. O grupo de samba - como eles se reconhecem - mostra que ainda é possível fazer sucesso com músicas do passado, mas é importante se reiventar para conquistar um novo público, que na maioria, vem de geração a geração. 

Leia também: Sorriso Maroto relembra mudanças na carreira e projeta o futuro

Katinguelê comemora 35 anos com muita gratidão ao fãs e lançamento de um novo trabalho
Reprodução/Instagram
Katinguelê comemora 35 anos com muita gratidão ao fãs e lançamento de um novo trabalho


Sobre essa longividade musical, Juninho revela que não existe segredo além do amor a música, respeito e amizade. O músico também relembrou das dificuldades que o Katinguelê passou com as saídas de um dos símbolos do grupo, o cantor Salgadinho, em 2001 e 2008, mas que a paixão pelo trabalho foi algo muito significativo para toda a jornada. 

Leia também: Turma do Pagode canta clássicos dos anos 1990 em novo disco

"O amor a música, amizade e respeito são os principais ingredientes para que o grupo completasse 35 anos. Estamos apresentando novos projetos, com uma nova equipe, tem muita gente trabalhando", fala o músico. 

Para ele, o sentimento de ver que tantas músicas do começo da carreira do Katinguelê ainda fazem sucesso até hoje é um sonho que foi muito além do que eles projetavam. O músico conta que antes, ter uma música que tocasse na rádio já era o ápice, no entanto, o som e as letras cativaram muito mais, com os hits sendo reproduzidos na voz de grandes músicos brasileiros como Alcione e Zeca Pagodinho. 

Grupo Katinguelê comemora 35 anos de carreira
Reprodução/Instagram
Grupo Katinguelê comemora 35 anos de carreira

"A gente foi pra Manaus, na terra do Gui (novo vocalista), chegamos no meio do Amazonas, cantamos no meio dos índios Lua Vai e Inaraí e ver tantas pessoas cantandos nos nossos shows deixa a gente muito feliz! Além disso, ouvir musicos como Alcione, Emílio Santiago, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, cantando nossas músicas deixa a gente feliz pra caramba!"

Paixão pelo Katinguelê 

O novo vocalista do Katinguelê, Gui, que entrou no fim de 2017, contou que sempre teve uma relação com o grupo antes mesmo deles descobrirem. O músico contou que no momento que recebeu o convite para fazer parte desse novo momento do grupo surgiu quando ainda estava cantando no Exaltassamba, e que foi uma grata surpresa receber a ligação de Udi, músico referência. 

Gui, novo vocalista do Katinguelê, que contou a felicidade de fazer parte do grupo
Reprodução/Instagram
Gui, novo vocalista do Katinguelê, que contou a felicidade de fazer parte do grupo

"Eu toco na noite desde os meus 12 anos e eles sempre foram referência para todos que tocam samba, sempre fui fã. Antes, já tive a oportundiade de abrir dois shows deles, de ficar no camarim e hoje estar no grupo. Eu já era do grupo antes deles saberem", conta o vocalista que completou um ano de banda em outubro e demonstrou muita felicidade. 

Essa felicidade também é confirmada por Juninho que revela que cada show que faz é sempre marcante - com novidades. "Até hoje a gente se depara com pedido de casamento nos shows, a família inteira indo no camarim e dizendo: 'nós nos conhecemos no show de vocês', a gente sempre fica impressionado", finaliza. 

Leia também: Só no Sapatinho retorna mais “sossegado” e com esperança no hexa

O Katinguelê irá lançar em breve um novo clipe de trabalho e já adiantou também um DVD comemorativo com grandes nomes convidados que fizeram parte da jornada dos musicos. Já o próximo compromisso do grupo é no Tô Na Área Fest, dia 01 de dezembro, no Clube Juventus, em São Paulo, a partir das 20h, com a presença também dos outros grupos Pixote e Assim Que. 

    Leia tudo sobre: Músicas
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.