Tamanho do texto

Vânia Catani, Karen Harley e Carlinhos Brown também receberam o convite para adentrar à Academia de cinema que é responsável pelo Oscar

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood convidou nesta segunda -feira (25) 928 novos nomes para integrarem a banca responsável pelo Oscar. Entre os convidados estão os brasileiros Alice Braga, Carlinhos Brown, Vânia Catani, Karen Harley, Felipe Lacerda, Maria Augusta Ramos, Pedro Costa, Helena Solberg e Mauricio Osaki. 

Leia também: Academia do Oscar anuncia mudanças que podem prejudicar filmes estrangeiros

Alice Braga (
Reprodução/Instagram
Alice Braga ("Cidade de Deus" e "Eu Sou a Lenda") é convidada para integrar a Academia do Oscar


Além dos brasileiros, outros nomes como J. K. Rowling, Timothèe Chalamet e Ruben Östlund também foram convidados a fazer parte da Academia do Oscar . O número de convites enviados para profissionais de 59 países é um recorde. Caso aceitem, os convidados tem o direito de votar em categorias específicas para a premiação do cinema. 

Leia também: Confira as críticas dos nove indicados a Melhor Filme no Oscar 2018

A atriz brasileira Alice Braga ("Cidade de Deus" e "Eu Sou a Lenda"), por exemplo, votará nas categorias de melhor ator, melhor atriz, ator e atriz coadjuvante, além de melhor filme. Carlinhos Brown poderá votar na categoria de melhor filme, como também melhor canção original e trilha sonora. 

Já a cineasta e roterista Maria Augusta Ramos ("O Processo") irá votar nas categorias de melhor filme, melhor documentário e melhor curta documental. Vânia Catani, produtora de tramas como "Mate-me Por Favor" e "Zama", votará na categoria de melhor filme. 

Leia também: Do tapete vermelho à madrugada: confira como os famosos curtiram o Oscar 2018

Críticas ao Oscar 

Após inúmeras críticas, os 928 convidados selecionados pela Academia demostram o novo momento que ela está vivendo. Entre os nomes convidados, cerca de 45% são mulheres. Em 2015, o número era 25%. Já entre convidados "não-branco", o total de selecionados chega a 38%. Em 2016, o Oscar recebeu inúmeras críticas pela supremacia branca dentro da Academia e nas obras escolhidas, pois só tinham atores brancos concorrendo nas categorias.

Frances McDormand feliz da vida com seu prêmio de Melhor Atriz no Oscar 2018 no último domingo (04)
Kevin Winter/Getty Images
Frances McDormand feliz da vida com seu prêmio de Melhor Atriz no Oscar 2018 no último domingo (04)


Neste ano, foi a primeira vez que uma mulher foi indicada nas categorias de direção e direção de fotografia. Além disso, o movimento #MeToo ganhou um superdestaque na premiação, chamando atenção para as diversas acusações de abuso sexual contra as mulheres trabalham na indústria cinematográfica. 

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.