Como nós humanos, eles ficam doentes, têm sentimentos e trabalham. Apesar de não terem a capacidade de falar a língua dos homens, os animais do cinema fazem grande sucesso por onde passam e já protagonizaram longas-metragens que nunca perdem sua estima.

Leia também: "Piratas do Caribe", "Alien" e as maiores decepções do cinema em 2017

undefined
Reprodução IMD
Animais do cinema: eles encantam gerações, mas já completaram seu tempo na terra

Com certeza eles já divertiram sua manhã, sua tarde ou até sua noite de filmes. Treinados, os animais do cinema possuem tanto talento quanto os humanos. Se analisarmos bem, os animais já protagonizaram produções de ação, comédia, besteirol, suspense e até drama!

Leia também: Estudo mostra queda no número de mulheres protagonistas no cinema em 2017

Quem não lembra de Free Willy , Beethoven, Flipper ou Lassie? Esses e tantos outros animais entretêm adultos e crianças, geração após geração. No entanto, muitos destes filmes são antigos e uma pulga atrás da orelha nos fez questionar: aonde foram parar os animais do cinema?

Para infelicidade de muitos, descobrimos que alguns já estão mortos. Pensando nisso, selecionamos alguns animais do cinema que já morreram. Confira:

Bruiser

undefined
Divulgação
Animais do cinema: sucesso na franquia "Legalmente Loira", o intérprete de Bruiser faleceu em 2016

Um dos personagens mais famosos do filme “Legalmente Loira”, o chihuahua Bruiser Woods morreu em 2016. A notícia foi dada pela atriz Reese Witherspoon, que atuou ao lado do cachorro na franquia de filmes.

Frank

undefined
Divulgação
Animais do cinema: O cãozinho da raça pug que deu vida ao alien Frank também faleceu. Antes de morrer, o cãozinho tinha uma vida de luxo

Quem assistiu “MIB - Homens Preto” com certeza nunca esqueceu quem é Frank. Na trama, o personagem alienígena era interpretado por um cão antropomórfico da raça pug.

Na vida real, o cachorrinho tinha uma bela vida de luxo. Com frequência, junto a sua dona,  ele se hospedava em hotéis, bebia água mineral e viajava de classe executiva.

Infelizmente, o cão que interpretou Frank morreu antes do começo das filmagens do terceiro longa-metragem, que foi lançado em 2012.

Lassie

undefined
Reprodução IMD
Animais do cinema

O primeiro cão a interpretar Lassie era um rough collie chamado Pal. O personagem de Lassie foi escrito por um autor britânico chamado Eric Knight. A história se tornou o livro “A Força do Coração” e se transformou em filme em 1943, quando Pal era a estrela. Infelizmente, Pal faleceu em 1958.  

Beethoven

undefined
Reprodução IMD
Animais do cinema

Um são bernardo chamado Chris foi o primeiro cão a interpretar Beethoven, estrelando a primeira e segunda versão da franquia. Apesar de Chris ter falecido após o segundo filme, em 1993, a série continuou em mais 5 edições. Nos outros longa-metragens, outros são bernardos ocuparam seu papel.

Bud

undefined
Reprodução IMD
Animais do cinema

O astro de Bud, “O Cão Amigo”, que realmente se chamava Bud na vida real, também já completou seus momentos na terra. No fim de sua de sua vida, em 1997, ele teve sua perna amputada devido a um câncer e morreu em fevereiro de 1998 ao dormir. 

Bart

undefined
Reprodução IMD
Animais do cinema

Quem entra no mesmo barco que Bud é o urso que foi chamado de "John Wayne dos ursos". O animal chegou a ganhar um Oscar por sua atuação no longa-metragem “O Urso”.

Dono de um talento gigante, o animal viveu até os seus 23 anos. Apesar de ter morrido cedo, ele deixou um legado e tanto: seus filhotes.

Os descendentes de Bart não fizeram feio e estrelaram produções como “Dr. Dolittle”, “Na Natureza Selvagem” e “Game Of Thrones”.  

Free Willy

undefined
Reprodução IMD
Animais do cinema

Neste caso, o personagem foi interpretado pela orca Keiko, que fazia shows no parque Reino Aventura, no México. Depois da série de filmes, Keiko ganhou fãs, que se engajaram em uma campanha para retirá-la do cativeiro.

Em 2002 ela foi solta e partiu para a Noruega, onde morreu em dezembro de 2003 de pneumonia, aos 27 anos. Em sua homenagem, o Oregon Coast Aquarium, nos Estados Unidos, construiu um memorial.

Flipper

undefined
Reprodução IMD
Animais do cinema

No filme de 1963, que deu origem à série de TV, Flipper era interpretado por um golfinho fêmea chamada Mitzi. Infelizmente o animal morreu de ataque cardíaco em 1967. Em homenagem, ela foi enterrada no Centro de Pesquisas de Golfinhos, em Grassy Key, na Flórida.

Leia também: Atraso e progresso se chocam no esteticamente arrojado "A Cidade do Futuro"

Esses e muitos outros animais do cinema  já não estão entre nós. Apesar de limitados, eles marcaram a história e serão sempre lembrados pelo legado que deixaram na Terra e no cinema.

    Veja Também

      Mostrar mais