Tamanho do texto

Diretores de "Os Vingadores: Guerra Infinita" guardam detalhes sobre o filme até sua estreia oficial e pedem ajuda dos fãs para evitar spoilers

Esse ano é um dos marcos não só na indústria cinematográfica, como também na vida dos fãs apaixonados pelo Universo Marvel . Por isso, quando os Irmãos Russos, (Anthony Russo e Joseph V. Russo) embarcaram em turnê de divulgação de "Vingadores: Guerra Infinita", apresentaram um comunicado oficial revelando que não vão exibir o filme inteiro até a pré-estréia mundial em Los Angeles, que aconteceu nesta segunda (23). 

Leia também: Thanos é mais forte do que Hulk em batalha, dizem diretores de "Guerra Infinita"

Divulgação
"Os Vingadores: Guerra Infinita" começa a encerrar o primeiro ciclo da Marvel, que dominou as telas nos últimos 10 anos

Diferentemente de como fizeram com os outros filmes da Marvel, "Vingadores: Guerra Infinita" está sendo guardado a sete chave. Os diretores também fizeram um apelo para os fãs de todo mundo, pedindo que quem for assisitir ao filme "mantenha o mesmo nível de sigilo para que todos os fãs possam ter uma experiência igual quando assistirem pela primeira vez". 

Leia também: Marvel Studios celebra seus 10 anos com vídeo especial dedicado aos fãs




A expectativa dos fãs em torno do novo filme da franquia está a mil, afinal, são 10 anos esperando essa convergência e não seria nem um pouco legal saber de muitos spoilers antes de ir para a sala do cinema. O iG Gente conversou com três fãs do Universo Marvel sobre o tão aguardado filme da franquia. 

Expectativa sobre "Vingadores: Guerra Infinita"

Sumaia Gomes, fã do Universo Marvel fala sobre a expectativa do novo filme
Divulgação/Instagram
Sumaia Gomes, fã do Universo Marvel fala sobre a expectativa do novo filme "Os Vingadores: Guerra Infinita"

O novo filme da Marvel  tem gerado muita ansiedade entre os fãs, não só pela história, mas também por toda publicidade. Para Sumaia Gomes, 25, redatora publicitária e jornalista, a espera é para ver todos os super-heróis unidos: "Bom, a expectativa está grande. É mais uma grande produção da Marvel e de uma forma ou de outra, todos os lançamentos anteriores foram projetados para culminar nesse filme, que reune uma gama imensa de heróis. Então a gente espera que seja o que de melhor eles tem para entregar. Além disso, é adaptação de uma série importante das HQ's, ou seja, rola ainda mais cobrança e mais expectativa de quem acompanhou o trabalho. Dizem que o bom é não criar expectativa, mas nesse caso é complicado".

"Os Vingadores: Guerra Infinita" tem tudo para bater o recorde de "Pantera Negra" só nas vendas dos ingressos da pré-estreia.  Segundo informa a Variety , o terceiro filme da sequência já vendeu o dobro de tíquetes que o longa de Ryan Coogler emplacou antes de sua estreia, que arrecadou mais de US$ 1,3 bilhão. 



Já a jornalista Thamires Costa, 29 anos, vê que a competição entre os dois filmes vai ser bem acirrada não só na bilheteria, como também no enredo: "Por ser a conclusão de uma história que vem sendo construída há 10 anos, estou bastante ansiosa e esperando que este seja o melhor de todos os filmes da Marvel , até o momento. Acredito que vários pontos na história serão esclarecidos e algumas “surpresas” reveladas", revela a jornalista que reconhece que o desafio de superar o hype e recepção obtidos por "Pantera Negra" será difícil.

Leia também: Será que você lembra tudo de “Os Vingadores”? Faça o quiz e descubra!

Spoilers?

A ideia de ter muitos spoilers sobre um determinado assunto pode influenciar diretamente na  experiência, e é por isso que os Irmãos Russos fizeram a carta pedindo para que os fãs, após assisitirem ao filme, não compatilhem detalhes com quem não assistiu.

Sumaia aprova a decisão dos diretores para que cada um tenha a sua experiência: "Assunto complicado esse né? Eu entendo a atitude deles, afinal, toda vez que filmes novos são lançados nós temos que desviar de um bombardeio de informações na internet, o que muitas vezes estraga a nossa experiência com relação aos filmes. Acho que os Irmãos Russo só querem que todo mundo aproveite da melhor maneira, eu não discordo deles. E vamos combinar né? Spoiler é chato demais!", diz a também colaboradora no site Cinéfilo em Série .

Guardiões das Galáxias no novo filme da Marvel
Copyright Marvel Studios 2018
Guardiões das Galáxias no novo filme da Marvel "Os Vingadores: Guerra Infinita"


Mas, quem nunca deu aquela escorregada e falou aquele detalhe secreto antes da hora? Esse é o caso do Pedro Martins, 22, fã do Dr. Estranho que revelou a morte de Han Solo: "Já contei uma vez, mas eu não sabia que a pessoa não tinha assistido o filme (no caso, a morte do Han Solo em "Star Wars VII"), é algo frustrante, porque acaba parcialmente com a magia do filme", conta. Sobre a atitude de não compartilhar muitas informações ao longo da turnê, Pedro acredita que a justificativa é por "separar alguma surpresa para os fãs que só acompanham a Marvel pelo cinema (com certeza deve ser alguma morte)", completa. 

Thamires Costa, fã dos personagens Jessica Jones, Demolidor e Doutor Estranho
Reprodução/Instagram
Thamires Costa, fã dos personagens Jessica Jones, Demolidor e Doutor Estranho

Já Thamires fica no meio termo das buscas e revelações sobre spoilers: "Eu, particularmente, nunca tive problemas com spoiler, até quando esta palavra não existia no nosso vocabulário. Sempre gostei de ouvir sobre filmes e livros, pois me faz, às vezes, ter mais interesse ainda.  Não que eu ame spoilers, também não sou o tipo de pessoa que vai atrás sabe, só não me incomoda tanto ouvir ou ler um. Mas acho horrível quando publicam ou contam spoilers, pois pode estragar toda uma expectativa que as pessoas criam em cima de qualquer história. Eu concordo com os diretores neste aspecto, de tentar oferecer uma experiência única aos fãs", conta a jornalista. 

Leia também: Marvel Studios celebra seus 10 anos com vídeo especial dedicado aos fãs

Experiências com o Universo Marvel 

O iG Gente também descobriu as experiências dos fãs com o Universo Marvel  até a chegada de "Os Vingadores: Guerra Infinita". Sumaia foi a fundo nas suas lembranças e relembrou sua experiência com o "O Incrível Hulk", um dos primeiros filmes de super-herói: "Eu gosto muito do MCU como um todo, mas acho que pra todo mundo a pior experiência rolou com "O Incrível Hulk", que de fato é um filme fraco e muito abaixo do que veio depois, tanto que ele é meio ignorado em meio a todos os outros".


Sobre a melhor experiência, dois filmes chamam atenção da jornalista: "Quanto a melhor, por mais que "Guardiões da Galáxia" seja o meu filme favorito, "Pantera Negra" foi um marco sem igual por todos os motivos que já vimos e é uma obra que merece ser celebrada. Foi um filme que me fez chorar, então é uma das minhas melhores experiências dentro desse universo", conta.

Thamires também entra no time do super-herói de Wakanda, mas faz ressalvas negativas a Thor, Deus do Trovão: "Acho que ele é um dos heróis mais sem graça, pelo fato dele ser um deus e tal, acho a história pobre. Então acho que o último filme ("Thor: Ragnarok") conseguiu deixar ele mais interessante, deu um toque de humor muito forte e acho que foi muito assertivo. Acredito que os primeiros filmes do Thor são a minha “pior” experiência, pois acho a história fraca, sem um grande acontecimento, poderíamos ter passado sem elas, digamos assim". 


Fã de quadrinhos, Pedro não se sentiu muito à vontade quando assistiu a batalha entre o time do Capital América versus time Homem de Ferro: "A pior experiência que eu tive foi ter que ver o filme da "Guerra Civil" com menos da metade dos personagens da HQ. No meu ponto de vista, deveriam esperar um pouco para lançar o filme, nem que fossem cinco anos ou mais", conta. 

" Os Vingadores: Guerra Infinita " estreia nos cinemas na quinta-feira (26) e colocará o roteiro em cheque nas bilheterias contra outros grandes sucessos do Universo Marvel como "Capitão América: Guerra Civil" (US$ 1,1 bilhão), "Homem-Aranha: De Volta ao Lar" (US$ 880 milhões) e "Guardiões da Galáxia Vol. 2" (US$ 863 milhões).