Tamanho do texto

A 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo divulgou os primeiros autores internacionais que estarão presentes no maior evento de literatura

A Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontece entre 03 e 12 de agosto de 2018, no Pavilhão de Exposições Anhembi, confirmou nesta quinta-feira (12), a presença dos primeiros autores internacionais para sua 25ª edição. Entre os autores confirmados está  Lauren Blakely, best-seller da literatura erótica, conhecida por seus romances quentes.

Leia também:Bienal do Livro de São Paulo acontecerá em agosto de 2018

A 25ª edição da Bienal do Livro de São Paulo acontece entre os dias 3 e 12 de agosto de 2018
Divulgação
A 25ª edição da Bienal do Livro de São Paulo acontece entre os dias 3 e 12 de agosto de 2018

A Bienal do Livro 2018, que terá 10 dias de atrações, proporcionará que os visitantes entrem em contato com os grandes autores, por meio de bate-papos e palestras exclusivas. Para essa edição, os primeiros confirmados são: Victoria Aveyard, Soman Chainani, Yoav Blum e Lauren Blakely. 

Leia também:Livro “Mulher Alfa” destaca "mulheres comuns que fazem e acontecem"

O evento também pretende ser ainda mais multicultural, permitindo um verdadeiro intercâmbio e contato entre escritores, editores, críticos de literatura e o público geral no Brasil e no exterior. O evento traz esse ano Emirado de Sharjah como um dos países homenageados.

Mais sobre os autores internacionais no Bienal

A autora Americana Victoria Aveyard, traz em seu currículo grandes obras como, por exemplo, a saga “A Rainha Vermelha”, que foi publicada pela Editora Seguinte e já vendeu mais de 400 mil exemplares no Brasil. A história também logo estreará como filmes nos cinemas. Já o escritor Soman Chainani tem em seus sucessos, pela editora Gutenberg, a aclamada série "A escola do bem e do mal", que teve seu terceiro volume lançado em 2016.

Leia também: Livros-reportagens provam que a realidade pode ser tão incrível quanto a ficção

Yoav Blum se destacou com seu primeiro romance "Os criadores de coincidências", que se tornou um best-seller instantâneo em Israel antes de ser traduzido para diversos idiomas. Com mais de 50 mil cópias vendidas, o livro também teve os direitos adquiridos para o cinema. Já a autora Lauren Blakely, que é conhecida por seu estilo contemporâneo de romance quente, divertido e sexy, responsável por obras como “Big Rock”,  já vendeu mais de 2,5 milhões de livros e, é uma das personalidades mais aguardadas na  Bienal .